Correios – Em resposta à matéria publicada na edição da revista Veja de 24/07/2020

Texto de Marcos César Alves Silva. Aposentado dos Correios e Vice-Presidente da ADCAP – Associação dos Profissionais dos Correios.

Ao longo de minha vida, tive inúmeras oportunidades de conversar com a imprensa e sempre procurei atender os jornalistas da melhor forma possível, oferecendo-lhes o máximo de informação para que pudessem construir suas matérias, ainda que soubesse que poderiam aproveitar pouco ou nada daquele material. Afinal, tratava-se apenas da opinião de um técnico ou de um representante dos trabalhadores e não de uma autoridade, como um ministro ou um presidente de estatal.

Em diversas ocasiões, nosso posicionamento - e aqui incluo a ADCAP – Associação dos Profissionais dos Correios, da qual sou vice-presidente - foi apresentado e detalhado, inclusive como contraponto à posição oficial a respeito de determinados temas, enriquecendo as matérias e permitindo aos leitores que formassem seu julgamento ouvindo os dois lados. Penso que a boa história deve ser construída assim e, por acreditar firmemente nisso, sempre atenderei dessa forma os jornalistas que me procurarem.

Nesta semana, tive oportunidade de conversar por alguns minutos com uma repórter da revista Veja, atendendo contato por e-mail. Como sempre faço, procurei oferecer uma série de informações sobre os Correios e respondi a todas as questões que me foram formuladas. Porém, a matéria que saiu publicada hoje, dia 24/07/2020, trouxe uma abordagem que não faz jus à verdade dos fatos. Desta forma, tratarei a seguir dos pontos que abordei com a jornalista e que não foram trazidos na matéria, além de afirmações equivocadas e enviesadas ali mencionadas.

Inicialmente, a matéria trata como “benesses” os benefícios que os trabalhadores dos Correios possuem e que se originaram de negociações trabalhistas realizadas ao longo do tempo, nas quais, em muitas ocasiões, a própria Empresa propôs uma pequena melhoria num benefício em troca de um reajuste salarial menor. E tudo isso materializado em acordos coletivos de trabalho, muitos deles mediados formalmente pela própria Justiça do Trabalho.

Não se trata, portanto, de algo que possa ser reduzido simplesmente a “benesses”, como faz a matéria, e, muito menos, de afirmar que “enquanto uns sofrem, outros lutam para manter suas benesses”, pois essa afirmação constitui uma grande injustiça com os trabalhadores dos Correios, que estão entre os que continuaram e continuam trabalhando durante a pandemia e colocando suas vidas em risco para garantir a prestação de um serviço que é essencial. Os trabalhadores dos Correios lutam para que seus direitos sejam respeitados.

Ao tratar a aprovação de indicativo de greve como “bandalha”, a matéria ignora completamente uma série de fatores que estão levando os sindicatos e federações a ficarem sem saída nas negociações trabalhistas deste ano, diante da possibilidade de os trabalhadores perderem, em plena pandemia, uma parte expressiva de sua remuneração, que é, em média, a menor dentre todas as estatais federais, fato não destacado na matéria.

O acordo trabalhista vigente deveria se estender até agosto de 2021, conforme trazido no acórdão do dissídio. A direção dos Correios, porém, após o julgamento no TST, procurou o Presidente do STF, ministro Dias Toffoli, e obteve dele uma inusitada liminar que suspendia o efeito dessa cláusula de vigência bianual do acordo, atropelando, assim, o que fora decidido pelo pleno do TST. Agora, o Presidente do STF, em nova decisão, alega que não pode deliberar sobre a vigência do acordo coletivo dos Correios por se tratar de competência do TST. Ou seja, enquanto a decisão do TST fica suspensa por uma liminar do STF, o STF diz que não pode tratar da vigência do acordo porque isso é de competência do TST. Difícil de entender, mas um imbróglio que só favorece as intenções da direção dos Correios de eliminar benefícios dos trabalhadores, sob o argumento de que o acordo trabalhista venceu.

Aos trabalhadores, cujas representações sindicais nunca foram recebidas pelo Presidente dos Correios nesse um ano de gestão, restaria fazer o quê, então? Aceitar passivamente uma brutal redução de remuneração em plena pandemia?

É triste a situação em que se encontram empresas e trabalhadores de inúmeros setores no país, mas esse quadro não significa que o governo ou os empregadores possam fazer agora o que quiserem com os trabalhadores de todas as empresas. Há leis e acordos trabalhistas a serem considerados e os eventuais ajustes que se façam necessários precisam ser tratados de forma adequada e responsável e não no estilo de “passar a boiada”.

Não concordo, também, com a informação trazida pela matéria de que se os Correios fossem uma empresa privada já teriam fechado as portas, abatida por um prejuízo de 2,4 bilhões de reais. Como expliquei à repórter, esse prejuízo acumulado tem uma história e causas que precisam ser bem entendidas. Antes de produzir prejuízos, os Correios chegaram a gerar quase R$ 1 bilhão de reais de lucro anual. Uma mudança de regra contábil que exigiu a antecipação da contabilização de despesas com o chamado pós-emprego e, antes disso, a retirada excessiva de dividendos pelo Governo Federal foram os principais responsáveis pelo cenário de déficit que se viu nos anos seguintes e que, graças exatamente ao sacrifício de benefícios dos trabalhadores e não a um milagre de gestão, já se reverteu, posto que os Correios registraram lucros nos últimos anos, ou seja, o propalado déficit vem sendo reduzido e não ampliado.

Não foi, portanto, a licença-maternidade das carteiras ou o vale-alimentação ou o auxílio-creche que provocaram déficit nos Correios, mas sim, principalmente, atos e decisões adotados pelo próprio acionista – o Governo Federal, como pode ser facilmente visto nos próprios relatórios de órgãos de controle, como a CGU.

Também foi explicado à repórter que os Correios possuem imensas possibilidades de desenvolvimento comercial e citamos como exemplo o próprio banco postal, algo que os Correios já fizeram com enorme sucesso e que agora foi descontinuado pela atual gestão.

Uma seleção pública de parceiro privado para o banco postal poderia injetar um volume considerável de recursos no caixa da Empresa, talvez até uma cifra bilionária, como ocorreu na última seleção, quando o Banco do Brasil retirou a prerrogativa de explorar o banco postal do Bradesco com uma proposta de mais de R$ 2 bilhões, sem contar os valores por cada transação realizada no banco.

Na entrevista, não mencionei outras possibilidades, mas são várias, que poderiam ser colocadas em curso se o Governo Federal afastasse de vez a discussão sobre privatizar ou não a Empresa e passasse a enxerga-la como um ativo estratégico, que pode ser muito valorizado, inclusive, com a estruturação de parcerias como a do banco postal noutros segmentos, potencializando a utilização das redes de atendimento e de logística dos Correios. Na tônica atualmente defendida por alguns do governo, de se livrar das estatais a qualquer preço, e de escolher os Correios como a Geni do momento, esse caminho fica impossível de ser trilhado. Importante lembrar que o último presidente dos Correios que ousou falar bem da Empresa e reconhecer sua importância – General Juarez Cunha - foi sumariamente demitido pelo Presidente da República. Talvez isso explique por que a atual direção da Empresa só enxergue a redução de salários como maneira de produzir algum resultado.

A pandemia trouxe desafios para todas as empresas e os Correios não estão completamente imunes a isso. Se, por um lado, o comércio eletrônico teve saltos de desempenho, por outro, a paralisação das empresas em geral acarretou uma brutal queda na demanda de correspondências. Assim, os Correios, como todas as demais empresas do país e do mundo, terão pela frente um cenário complexo a ser vencido.

No caso dos Correios, entretanto, a Empresa passa pela pandemia com seus negócios e suas operações em funcionamento, o que significará que um eventual socorro de recursos que se faça necessário será bem menor do que em outros setores severamente penalizados com a suspensão completa de suas operações. Isso é fato. O enfrentamento a isso, porém, não pode ser reduzido à diminuição dos salários dos trabalhadores, que, como já mencionado, recebem os menores salários dentre as estatais do Governo Federal.

Quanto ao valor da folha de pagamento dos Correios, tratado pela matéria como “inacreditável”, é importante esclarecer que no setor postal os gastos com pessoal são sempre as maiores despesas das organizações. Além disso, trata-se da remuneração de 100.000 pessoas. Observações rasas e descontextualizadas como a trazida pela matéria só induzem a erro os leitores menos avisados.

Quanto ao futuro dos Correios, discordamos também da citação trazida pela matéria de que se trata de uma atividade quase em extinção, atribuída à economista Elena Landau. Os Correios possuem redes de atendimento e de logística que cobrem o país todo, não só para levar cartas, cujo volume vem sofrendo reduções ao longo do tempo, mas também para prestar atendimento presencial e levar encomendas para as pessoas e empresas, inclusive nos locais mais remotos, onde empresas privadas evitam ir devido à pequena escala de volumes a entregar.

Bem administrado, com parcerias com empresas privadas para explorar nichos de negócios, conforme delineado na Lei 12.490/11, e sem a permanente destruição de imagem por parte de representantes do acionista, os Correios teriam um grande futuro, poderiam gerar bons dividendos para o governo, alavancar as economias dos pequenos municípios, manter uma base ampla de acesso ao comércio eletrônico e muito mais.

Para finalizar, acho necessário mencionar que alguns trabalhadores dos Correios já perderam suas vidas porque continuaram exercendo a atividade pela qual foram contratados. Outros também perderão, como tem acontecido com profissionais da saúde e de outras atividades que estão sendo mantidas durante a pandemia. A esses trabalhadores deixo meus sinceros agradecimentos e meu reconhecimento, não só como dirigente de uma entidade representativa, mas, principalmente, como cliente e usuário dos serviços que me entregam todo dia, tornando a passagem por esse triste período da história humana menos difícil.

Obrigado carteiros, médicos, enfermeiros, policiais etc. Todos vocês merecem nosso reconhecimento e admiração. Por Marcos César Alves Silva. Aposentado dos Correios e Vice-Presidente da ADCAP – Associação dos Profissionais dos Correios.

COMENTÁRIOS

Nome

AACB,4,AADC,29,AAG,1,AAT,1,ABAICT,2,Abaixo-assinado,9,ABComm,3,Abertura de Capital,7,Abono Pecuniário,4,ABRAPOST,1,Abrapp,8,AC Caieiras,1,AC Central,1,AC Parelheiros,1,AC São José,1,AC Tabuleiro,1,AC Tietê,1,Ação FGTS,1,Ação INSS,1,Ação Social,2,Acessibilidade,1,Acidente,15,Acidente de Trabalho,2,Ações Trabalhistas,1,Acordo Coletivo,34,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ACT 2019/2020,184,ACT 2020/2021,36,ADCAP,158,Adicional Noturno,1,Afastamentos,4,Agência,89,Agências Marketing,2,Agências Modulares,7,Aglomeração,1,Agradecimentos,1,Agressão,7,AGU,5,Água,1,ALAC,1,ALBA,2,Alcoolismo,1,ALEPA,1,ALEPI,2,ALERJ,1,ALESP,2,Alibaba,1,ALMG,7,ALMT,1,Aluguel,1,Alunos,1,Amazon,3,Ambulatório,5,ANAC,2,ANAPAR,2,ANATECT,8,ANATEL,5,Animais,16,Anistia,5,ANS,16,ANVISA,3,Aplicativo,2,Aposentadoria Invalidez,1,Aposentados,35,APP,1,Apreensão,23,Ar Condicionado,7,AR Eletrônico,1,ARACT-SP,3,Área de Risco,7,Arrombamento,8,Artigo Correios,3,Assaltos,83,Assédio,3,Assédio Moral,8,Assembleia,11,Assessores Especiais,9,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,4,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,2,Atestado,1,Atividade Noturna,1,Atleta,2,Atrasos,18,Atropelamento,3,Atualização Cadastral,1,Audiência Pública,83,Auditoria,6,Autoatendimento,7,Autodeclaração,3,Auxiliar de Enfermagem,3,Auxílio Doença,3,Auxílio Emergencial,9,Auxílio-babá,1,Auxílio-creche,2,Azul,16,Bala Perdida,1,Balanço,4,Balcão do Cidadão,19,Banco Postal,37,Banco24Horas,3,Baterias,2,BB,8,BDO Brasil,1,Benchmarking,1,Benefícios,20,Bicicleta,2,Black Friday,12,Bloqueio,1,BNB,2,BNDES,8,BNY Mellon,25,Boca no Trombone,7,Boletim das Estatais,4,Boleto,36,Cachorro,4,CADE,17,Cães,1,Caixa Inteligente,2,Caixa Postal,1,Caixa Postal Comunitária,3,Cajamar,2,Calendário,1,Calote,2,Câmara de Conciliação,1,Caminhada,1,Caminhão,3,Caminhões,1,Campanha Salarial,201,Canal Denúncia,2,Canal Descomplica,1,Cancelamento,1,Capitalizar,1,Cargos,1,Carlos Fortner,5,Carnaval,1,Cartas,4,Carteira de Trabalho,5,Carteiro,90,Carteiro Comunitário,1,Carteiro Motorizado,2,Carteiro Poeta,1,Casamento,1,CAT,2,CBDA,7,CBHb,3,CBS,1,CBT,1,CCT,3,CD Resende,1,CDD Além Ponte,2,CDD Alphaville,1,CDD Antonina,1,CDD Assunção,1,CDD Barra,1,CDD Barro Duro,2,CDD Betim,1,CDD Botafogo,1,CDD Brasilândia,3,CDD Cabo Frio,1,CDD Caminho de Pilar,1,CDD Campo Grande,2,CDD Campos,1,CDD Capão Redondo,6,CDD Capela do Socorro,4,CDD Carlos Olímpio,5,CDD Catalão,1,CDD Colombo,1,CDD Copacabana,1,CDD Curicica,3,CDD Del Castilho,1,CDD do Bosque,1,CDD Embu,5,CDD Freguesia,1,CDD Goiânia,1,CDD Guaianazes,1,CDD Guarus,2,CDD Icaraí,1,CDD Ipanema,1,CDD Irajá,1,CDD Itaim Paulista,1,CDD Itapecerica,4,CDD Jabaquara,1,CDD Jaguaré,2,CDD Jardim Odete,1,CDD Jardim Paulista,2,CDD João Vieira,1,CDD Liberdade,1,CDD Madureira,1,CDD Morumbi,1,CDD Oeste,1,CDD Parelheiros,2,CDD Parque Cocaia,5,CDD Parque São Vicente,1,CDD Pato Branco,1,CDD Picos,1,CDD Poá,1,CDD Polo,1,CDD Ponta Porã,1,CDD Praça do Gado,1,CDD Queimados,1,CDD Registro,2,CDD Rio Pequeno,1,CDD Santa Mena,1,CDD Santana de Parnaíba,1,CDD Santo Antônio,1,CDD São Braz,1,CDD São Mateus,2,CDD São Rafael,1,CDD São Torquato,1,CDD Taboão da Serra,2,CDD Tanque,1,CDD Taquara,2,CDD União da Vitória,1,CDD Vila das Belezas,1,CDD Vila Maria,1,CDD Vilar dos Teles,1,CDH,19,CDHM,1,CEE Bangu,1,CEE Barueri,1,CEE Campos,1,CEE Esmeralda,1,CEE Itaquera,1,CEE Jacarepaguá,2,CEE Jaguaré,1,CEE Laranjeiras,1,CEE Piracicaba,2,CEE Santo Amaro,2,CEE São Bernardo do Campo,1,CEE São Cristóvão,1,CEE São Gonçalo,1,CEGEP,2,Central Braille,1,Central de Atendimento,3,CEP,2,Certificação,1,CGPAR,9,CGR,1,CGU,5,Chip Amarelinho,7,Chuvas,2,Cinesioterapia Laboral,1,CLI Benfica,1,Clipping,2424,CLT,1,CMN,1,CNH,1,CNNM,2,CNPC,1,Coabitação,25,Cobertura,1,Cobrança Mensalidade,1,Coleta Gratuita,1,Comércio Eletrônico,3,Comércio Virtual,1,Comissão Acidente de Trânsito,2,Comitê,1,Compra Fora,5,Comprovante de Rendimentos,9,Comunicado,59,Concurso,25,Condições de Trabalho,164,Congresso,8,CONREP,5,Conselho de Administração,4,Conselho Deliberativo,8,Conselho Fiscal,2,Consin,3,Constituição,1,Contaminação,37,Contas Públicas,1,CONTECT,1,Contra Privatização,180,Contrabando,2,Contracheque,1,Contrato de Trabalho,1,Contribuição Extraordinária,8,Contribuição Sindical,1,Convocação,3,Copa do Mundo 2018,1,Correios,100,Correios Aqui,10,Correios Celular,17,Correios Log+,2,Correios Notícias,8,Correios Packet,2,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,16,CorreiosPar,6,Correspondências,2,Corrupção,1,CORSIN,1,Corte de Energia,1,Cortes de Despesas,4,Cosit,2,COVID19,316,COVISA,2,CPF,4,Credenciamento,2,Crediamigo,1,Crédito Salário,1,Crescimento,1,Cronograma de Empréstimos,18,CSP Conlutas,1,CTASP,2,CTB,1,CTC Jaguaré,2,CTC Moóca,1,CTC Santo Amaro,2,CTC Santo André,1,CTCE,1,CTCE Belém,2,CTCE Contagem,1,CTCE Santos,2,CTCE São José,1,CTCE Vila Maria,2,CTE Benfica,1,CTE São Gonçalo,1,CTO,1,CTO Jaguaré,1,CTO Rio de Janeiro,1,Custos,2,CUT,1,CVM,13,Dano Material,1,Danos Morais,15,Data Comemorativa,18,DDA,25,De Brasil a gente entende,2,Déficit,1,Demissão,21,Demissão Acordada,1,Demissão Motivada,16,Dengue,1,Depoimento,1,Deputado,1,Desconto Assistencial,1,Desconto Greve,11,Desconto Indevido,1,Descredenciamento,2,Desestatização,7,Desinfecção,56,Despacho Postal,22,Despedida,1,Despesas com Pessoal,1,Destaque,1179,Desvio,7,Desvio de Função,1,DHL,2,Dia do Carteiro,12,Diárias,2,Diário Oficial,1,DIEESE,2,Diferencial de Mercado,3,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Diretorias,6,DIRF,1,Distritos,2,DNI,2,Documentos Perdidos,4,Domingo,1,DPVAT,1,Drive-Thru,1,Drogas,5,e-Carta,2,e-Carta Fácil,1,e-commerce,9,e-fulfillment,1,Edison Lobão,1,Editorial,2,Eleições,29,Email,1,Empréstimos,9,Enceja,1,Encomendas Internacionais,10,Encontro de Mulheres,1,ENEM,9,Enfermeiro do Trabalho,1,Entrega Correspondências,3,Entrega Digital,1,Entrega Encomendas,7,Entrega Interativa,3,Entrega Matutina,8,Entrega no Vizinho,2,Entreposto,1,EPIs,122,Ernesto Araújo,1,Esclarecimento,8,Escolta,2,ESMEC,1,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,27,Estatais,105,Estatais Estratégicas,1,Estatuto Social,8,Estrutura Organizacional,1,Eventos,3,Exames Periódicos,2,Exclusão Pai/M/ãe,34,Exclusiva,88,Extinção,1,Extrato,3,Extravio,2,FAACO,10,Fabio Faria,10,Fake News,6,Fale Conosco,1,Falecimento,1,Falsificação,1,Falta Estrutura,1,FATCA,1,Fechamento,55,FEDERAÇÕES,656,FEDEX,1,FENTECT,452,Feriados,3,Férias,5,Fernando de Noronha,1,Ficha Financeira,3,Filho Especial,1,Filiação Partidária,1,Filiais,1,FINDECT,344,Fiscalização,2,Floriano Peixoto,65,FNDE,2,Fogo Veículo,1,Folga,1,Folha de Benefícios,1,Folha de Pagamento,1,Força-Tarefa,2,Franqueadas,3,Fraude,13,Frente Parlamentar,33,Frete,1,Frota,1,Funcionamento,1,Funções,1,Fundos de Pensão,83,Furto,4,FUSP,1,G1,1,Geap,2,GEDIS,3,GERAE,24,Geral,836,Gestão de Riscos,1,Gilberto Kassab,6,GOL,1,Golden Share,1,Golpe,2,Google,1,Gratificação de Função,3,Greenfield,43,Greve,152,Greve Ambiental,3,Greve Branca,1,Grupo de Risco,2,Guarita,1,Histórias,13,Horas Extra,5,Ibama,3,Importa Fácil,1,Incêndio,10,Inclusão Dependentes,2,Incorporação de Função,5,Indenização,5,Indicação,1,Indicação Política,3,Infectados,29,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,337,Insegurança,9,INSS,7,Insumos,1,Interdição,9,Internações,2,INTERSINDICAL,1,Intervenção,20,Invasão,1,Investimento,2,IPO,3,IRRF,10,Jair Bolsonaro,86,JF,1,JMJ,2,Joint Venture,13,Jornada Trabalho Reduzida,3,Jovem Aprendiz,10,Jurídico,1,Justa Causa,4,Kassab,6,Kits Escolares,1,Lançamento,1,LATAM,5,Lei das Estatais,3,Lei Rouanet,1,Leilão,7,Leitura,1,Licença-Paternidade,2,Licenças,2,Licitação,6,Liminar,37,Limpeza,1,Liquidação,1,Live,1,Livre Escolha,2,Livros Didáticos,1,Lockers,4,LOEC,2,Log Farma,1,Logi Supri,2,Logística,8,Logística Pluvial,1,logística Reversa,1,Lojas Virtuais,1,LTR,1,Lucro,11,Luta Unificada,35,Malware,1,Manifestação,2,Manpoc,1,Manuais,2,Manutenção,1,Maquinas de Triagem,1,Marcos César,37,Marcos Pontes,29,Mato Grosso,1,MC,2,MCTIC,14,Mediação,7,Medicamentos,1,Médico do Trabalho,4,Medidas Preventivas,1,Meio Ambiente,1,Mensagem Final de Ano,1,Mensalidade,27,Mercado Livre,6,Mesa de Negociação,19,Metas,1,Milton Lyra,2,Minas Gerais,3,Ministério da Economia,7,Ministério da Fazenda,1,Ministério da Saúde,3,Ministério das Comunicações,4,Ministério do Planejamento,10,Ministério do Trabalho,1,Ministro,1,MMFDH,3,Monopólio,14,Morto,3,Motociclistas,6,Mourão,3,MP 873/2019,2,MPE,1,MPF,54,MPT,21,MTE,3,Multas,1,multiatendimento financeiro,1,Navio,1,Negativa de Autorização,1,NIPs,2,Nota de Repúdio,1,Novo Diretor,8,OAI,1,Obesidade,1,OBMEP,1,Obras,2,OJ247,17,OLX,1,OMS,9,Operação Grand Bazaar,1,Operação Pausare,4,Operação Postal Off,3,Operação Recomeço,3,Operação Rizoma,8,Operador de Empilhadeira,1,Operador Logístico,1,Operadora São Francisco,2,Opinião,2,Opinião Ecetista,2,Ordenamento,1,Orlando Silva,1,OTT,9,Outdoors,1,Outubro Rosa,1,Ouvidoria,4,PADs,1,Pagamento,2,Pagamento Abono,4,Palocci,3,Panorama das Estatais,1,Papai Noel dos Correios 2018,13,Papai Noel dos Correios 2019,7,Paralisação,16,Parcelamento,1,Parceria,11,Parecer,1,Passe Livre,1,Paternidade,1,Patrocínios,21,Paulo Guedes,74,Paulo Paim,5,PBM,2,PCCS1995,6,PCCS2008,1,PDI,4,PDV,37,PEC,6,Peculato,2,Pensionistas,2,Percorrida,3,Periculosidade,2,Perseguição,7,Pesquisa,8,PGFN,1,PGR,4,Plano BD,29,Plano de Custeio,1,Plano de Saúde,63,Plano Família,18,Plantão Negociação 2018/2019,19,Plantão Negociação 2019/2020,12,Plantão Negociação 2020/2021,4,Plenária,3,PLP 268/2016,1,PLR,1,PND,24,PNLD,1,Podcast,2,Polícia Federal,48,Políticas de Investimento,1,Portabilidade,2,Portaria,6,Posse,5,Postal Saúde,319,Postalis,575,Postalis Digital,5,PostalPrev,25,Poupatempo,1,PPI,88,PPP,2,Praect,2,Premiação,12,Presidente,53,Prestador,2,Prestador Suspenso,2,Previc,38,PRF,2,Primeira Escolha,1,Primeira Hora,179,Privatização,247,Processo,22,Processo Seletivo,2,Procon,6,Professor Igor Venceslau,4,Professora,1,Programa Aproxime,1,Programa de Integridade,1,Projeto de Lei,24,Promoções Horizontais,4,Promoções Verticais,1,Protesto,3,Quadro de Funcionários,6,Qualidade,1,Quarentena,1,Quitação Eleitoral,1,Racionalização,2,RAI,1,Reabilitação,3,Readequação,23,Reajuste,5,Reajuste de Tarifas,6,REAT,2,reca,1,Recadastramento,15,Receita Federal,30,Reclamações,10,Reclame Aqui,1,Redação,7,Rede Corporativa,2,Rede GIRC,1,Rede Vírus,4,Redução da Jornada,1,Reembolso,2,Reenquadramento,3,Reestruturação,7,Refém,5,Reféns,4,Refis Postal,2,Reforma da Previdência,5,Reforma Trabalhista,7,Registrados,1,Reintegração,3,Relatório de Administração,1,Release,1,Renan Calheiros,1,Renegociação,2,Renovação Frota,3,Rentabilidade,6,REP,3,Reprecificação,1,Ressarcimento,1,Restrições,1,Restruturação,8,Resultados Operacionais,3,Reunião Presidente,1,RFID,1,Rodrigo Maia,7,Rombo,1,Roubo,38,RTSA,5,Rua Legal,1,Sala de Imprensa,479,Salários,2,Salim Mattar,51,Sanitização,4,Saque,1,Saúde Bucal,2,Saúde da Mulher,8,Saúde em Dia,4,SD,6,Segunda Via,1,Seguradora,1,Segurança do Trabalho,1,Seguro de Vida,7,SEI,1,Selos,22,Semana do Brasil,1,SENAI,1,Sequestro,9,SERASA,2,Série,7,Série Correios,1,Série Correios Saúde II,11,Serviços Digitais,1,Serviços Postais,2,SEST,7,Sincort-PA,12,Sincotelba,33,Sindecteb,38,Sindicato,1012,Sintcom-PR,70,Sintect-AC,31,Sintect-AL,131,Sintect-AM,5,Sintect-AP,13,Sintect-CAS,15,Sintect-CE,16,Sintect-DF,71,Sintect-ES,54,Sintect-GO,54,Sintect-JFA,5,Sintect-MA,52,Sintect-MG,27,Sintect-MS,44,Sintect-MT,42,Sintect-PB,35,Sintect-PE,35,Sintect-PI,56,Sintect-RJ,225,Sintect-RN,20,Sintect-RO,9,Sintect-RPO,19,Sintect-RR,1,Sintect-RS,69,Sintect-SC,31,Sintect-SE,16,Sintect-SJO,3,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,283,Sintect-STS,15,Sintect-TO,18,Sintect-URA,16,Sintect-VP,11,smartphones,4,SMS,1,SNCT,2,Social,2,SOFT,1,Solidariedade,3,SQUASH,1,STF,107,STJ,3,Superintendente,2,SUS,1,Suspensão Entregas,2,Suspensão Serviço,4,TACs,6,Taxa Emergencial,2,Taxa Extra,5,Taxa Homologação Importados,5,TCU,17,Tecban,1,Tecnologia,1,Tele Sena,2,Teleatendimento,3,Teleconsulta,1,Terceirização,11,Terceirizados,3,Termo Aditivo,1,Termo Recusa,1,Tesouro Nacional,1,Testagem,1,Teto Salarial,1,TFD,1,TJCE,1,Todos Pelos Correios,16,Top of Mind,3,Trabalho Remoto,40,Tragédia,1,Transferência,4,Transportadora,1,TRF,10,TRT,79,TSE,3,TST,210,UBER,2,UD Juquitiba,4,UNI,2,União,2,Unidas,2,Uniforme,1,Universitários,5,UPAEP,1,UPS,2,UPU,10,URP,1,USPOST,1,Vale Alimentação,7,Vale Extra,4,Vale Refeição,2,Vale Transporte,4,Venda Imóveis,8,Vice-presidente,9,Vídeo,1260,Vigilância Sanitária,1,Violência,1,Vírus,2,Visa,4,Viver os Valores,2,webchat,1,Whatsapp,2,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Correios – Em resposta à matéria publicada na edição da revista Veja de 24/07/2020
Correios – Em resposta à matéria publicada na edição da revista Veja de 24/07/2020
Texto de Marcos César Alves Silva. Aposentado dos Correios e Vice-Presidente da ADCAP – Associação dos Profissionais dos Correios.
https://1.bp.blogspot.com/-YbP0oU4YBVk/XxtAC9weBRI/AAAAAAAAYO0/IBdy0IPMiQgAWXCBPQ_GyTUd24phGS3UwCLcBGAsYHQ/s320/Carteiro.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-YbP0oU4YBVk/XxtAC9weBRI/AAAAAAAAYO0/IBdy0IPMiQgAWXCBPQ_GyTUd24phGS3UwCLcBGAsYHQ/s72-c/Carteiro.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2020/07/correios-em-resposta-materia-publicada.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2020/07/correios-em-resposta-materia-publicada.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar