Reestruturar ou privatizar: o que Bolsonaro fará dos Correios?

Estatal diz ter fechado 2017 com lucro de R$ 667 milhões, mas incertezas sobre o futuro da empresa aumentaram com eleição do ex-militar

Presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL) já deu início à transição para o seu governo que começa oficialmente em 1º de janeiro de 2019. Nesta última semana, o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), esteve no Palácio do Planalto, onde recebeu, das mãos de Eliseu Padilha, uma cartilha com os dados atuais da União e também alguns pedidos e recomendações de Michel Temer e seus homens de confiança.

Entre as solicitações do atual presidente da República, está a continuidade da reestruturação já iniciada na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Desde que Temer assumiu o Planalto, em maio de 2016, algumas medidas foram tomadas por seu governo para tentar diminuir o déficit da empresa pública federal e também melhorar sua imagem diante da população brasileira, abalada após escândalos de corrupção.

De lá para cá, agências dos Correios foram fechadas, o quadro de funcionários reduzido, novas taxas implementadas e, até mesmo, após permissão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), os colaboradores passaram a contribuir com 30% no valor final do Postal Saúde – antes, a contrapartida era de 3%. Com isso, segundo a estatal, depois de quatro anos de prejuízos, a empresa fechou 2017 com lucro de R$ 667 milhões.

"Recuperamos a qualidade e estamos oferecendo um serviço com preço justo, além de gerar sustentabilidade financeira. Com isso, esperamos que o Brasil vá para frente e que os Correios façam parte disso"
Carlos Roberto Fortner, presidente dos Correios

Apesar desse otimismo em relação a empresa que afirma ter ajudado a tirar do buraco, Fortner, assim como os outros 106 mil funcionários dos Correios, não sabe o que 2019 reservará à instituição. Isso porque eles trabalham com a ideia de que a reformulação iniciada por Temer continue, mas há ainda a possibilidade de privatização ou, até mesmo extinção, da companhia.

Com a chegada de Bolsonaro ao Planalto, funcionários comissionados e concursados vivem cheios de incerteza e medo. Em entrevistas, ainda na época da campanha, o presidente eleito disse que “os Correios não têm jeito, lá não é nem privatizar, é extinguir”.
Menos radical, Paulo Guedes, que conduzirá a política econômica brasileira a partir do próximo ano, disse ao Metrópoles que a intenção é privatizar algumas estatais, mas não citou nomes nem afirmou se já há algum plano fechado para o futuro dos Correios.
A privatização chegou a ser cogitada pelo governo Temer ainda em 2016. No entanto, após os números positivos de 2017, o atual ministro da Ciência,Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab afirmou ter retirado da pauta essa medida. “Não se fala mais nisso”, afirmou a jornalistas em maio deste ano.

Agora, a missão de Kassab, junto com os comandantes da Fazenda, Eduardo Guardia, e da Casa Civil, Eliseu Padilha, é convencer Bolsonaro, Guedes e até mesmo o astronauta Marcos Pontes – que assumirá a pasta da Ciência, Tecnologia e Comunicações, à qual os Correios pertencem atualmente – que a empresa vale mais se continuar sob as asas do governo federal.

“Eles não conhecem os Correios”, diz Fortner

Na estatal há pouco mais de um ano, o presidente dos Correios afirma nunca ter sido procurado por Bolsonaro nem por ninguém de sua equipe para apresentar o atual quadro da empresa. “Essa mudança de cultura existe aqui dentro, o empregado está focado em ajudar a companhia a ter sustentabilidade. Mas continuamos sendo uma empresa pública e focada no interesse nacional. Só que ninguém sabe sobre isso, é puro desconhecimento”, ataca Fortner.

“Hoje, vejo que essa empresa é importante para o Brasil, desde que bem gerida. Não faz sentido uma empresa bem comandada, que dá lucro e paga dividendos ao país, ser privatizada. Se me perguntarem, ninguém me perguntou, mas se eu puder falar, vou dizer que seria importante apenas abrir o capital dos Correios. E tenho certeza que nenhuma companhia privada vai querer fazer o que nós fazemos: estar em todos as cidades do Brasil sem visar apenas o lucro”, completa Carlos Roberto Fortner.

Secretário de Administração e Finanças da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect), Geraldo Rodrigues teme que toda a reestruturação na empresa seja apenas um sinal de que a privatização está próxima. Segundo ele, as diferentes administrações sucatearam a estatal ao se corromperem e, agora, os funcionários, além de perderem direitos, estão tendo de arcar com os prejuízos.

Já neste mês, vamos voltar a nos reunir para criar um calendário de luta e, assim, evitar que a privatização aconteça, ou mesmo, que mais funcionários sejam desligados. Já chegamos a ser 128 mil trabalhadores, agora, somos 106 mil. Não há déficit, não há prejuízo, o que tem é má administração e vontade de entregar a empresa para a iniciativa privada"
Geraldo Rodrigues, Secretário de Administração e Finanças da FENTECT

Escândalos

Desde o Mensalão, a estatal vê seu nome em investigações que tentam barrar seguidos escândalos de corrupção. Na semana passada, por exemplo, o ex-gerente de Saúde da empresa Marcos da Silva Esteves foi preso, por ordem do Tribunal Regional Federal da 2.ª Região (TRF-2). Ele foi condenado a 11 anos de prisão por peculato, após cair na Operação Titanium, que investigou esquemas de fraude no plano de saúde da instituição, com desvios superiores a R$ 7 milhões.

Em 2005, o Congresso também instalou a CPI dos Correios, que investigou o escândalo do Mensalão. Isso após a divulgação de uma fita de vídeo em que o ex-diretor do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios Maurício Marinho contou a dois empresários sobre um esquema de pagamento de propina, gerido pelo presidente do PTB, Roberto Jefferson, em parceria com o diretor da estatal, Antônio Osório Batista. Por Larissa Rodrigues, Metropoles.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,9,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,Acidente,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,38,Afastamentos,1,Agência,23,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,1,Animais,2,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,4,APP,1,Apreensão,2,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,27,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,5,Audiência,1,Audiência Pública,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,7,Banco Postal,24,BB,1,Benefícios,9,Black Friday,4,BNY Mellon,6,Cachorro,1,CADE,7,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,1,Cartas,2,Carteira de Trabalho,1,Carteiro,11,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,2,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,1,Clipping,1503,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,315,Correios Celular,10,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,11,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,12,Despacho Postal,21,Destaque,922,Desvio,1,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM 2018,3,Esclarecimento,1,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,20,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,1,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,17,FEDERAÇÕES,447,FEDEX,1,FENTECT,305,Férias,1,FINDECT,196,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,41,G1,1,Geral,454,GOL,1,Gratificação de Função,1,Greenfield,10,Greve,25,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,232,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,4,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,2,Licenças,2,Licitação,2,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,4,Ministro,1,Motociclistas,5,MPF,16,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Rizoma,4,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Papai Noel dos Correios 2018,8,Paralisação,4,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Paulo Guedes,2,Paulo Paim,1,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,2,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,2,Portaria,2,Postal Saúde,114,Postalis,375,Postalis Digital,1,PostalPrev,3,Praect,2,Premiação,1,Presidente,6,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,7,Primeira Hora,176,Privatização,14,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,2,Receita Federal,6,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,1,Restruturação,4,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde Bucal,1,Saúde da Mulher,5,Seguro de Vida,2,Selos,6,Série,7,Série Correios Saúde II,11,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,23,Sindecteb,31,Sindicato,779,Sintcom-PR,54,Sintect-AC,17,Sintect-AL,94,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,47,Sintect-GO,31,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,39,Sintect-MG,20,Sintect-MS,35,Sintect-MT,24,Sintect-PB,30,Sintect-PE,29,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,145,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,136,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,17,Taxa Emergencial,2,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,1,TCU,2,Tecnologia,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT3,1,TRT9,1,TSE,3,TST,22,União,2,UPU,2,USPOST,1,Vale Transporte,3,Vice-presidente,2,Vídeo,1012,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Reestruturar ou privatizar: o que Bolsonaro fará dos Correios?
Reestruturar ou privatizar: o que Bolsonaro fará dos Correios?
Estatal diz ter fechado 2017 com lucro de R$ 667 milhões, mas incertezas sobre o futuro da empresa aumentaram com eleição do ex-militar
https://3.bp.blogspot.com/-ZXw4ap0UZFE/W93M7cmhFPI/AAAAAAAARzA/VvN-V8Rct8AC8T0IZfg9OMGNbVglGmltQCLcBGAs/s320/Fortner.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-ZXw4ap0UZFE/W93M7cmhFPI/AAAAAAAARzA/VvN-V8Rct8AC8T0IZfg9OMGNbVglGmltQCLcBGAs/s72-c/Fortner.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/11/reestruturar-ou-privatizar-o-que.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/11/reestruturar-ou-privatizar-o-que.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar