Correios: funcionários dizem ‘não’ a rebaixamento salarial

A empresa também proopôs que direitos, como adicional noturno e plano de saúde, sejam cortados ou rebaixados

Nesta terça-feira (17), em reunião de negociação para o Acordo Coletivo, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), ou Correios, apresentou para seus trabalhadores um reajuste salarial abaixo da inflação. Além disso, propôs também que direitos, como adicional noturno e plano de saúde, sejam cortados ou rebaixados. Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios (FENTECT), caso a proposta e a postura da empresa não sejam alteradas, os trabalhadores deverão recorrer à greve para garantir seus direitos.

Com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) girando em torno de 2,64%, a  proposta apresentada, de reajuste de 1,58%, significa, na realidade, um rebaixamento dos salários; apenas 60% da inflação do último ano seriam repostos. Apesar de já terem ocorrido outras reuniões de negociação entre a diretoria dos Correios e o Comando de Negociações dos trabalhadores, esta injusta proposta somente foi apresentada nesta terça-feira.

O secretário geral da FENTECT, José Rivaldo, disse, em entrevista ao HP, que, “na prática, não tem reajuste. E pra piorar, se comparar os Correios com as demais estatais, é a empresa que pior paga seus trabalhadores”.

Outros pontos também foram afrontados pela proposta da diretoria. É o caso do adicional noturno. Segundo o plano, seria alterado o valor adicional recebido de 60% para 20%, rebaixando, mais uma vez, os salários. Além disso, seria modificado o que se entende como “noturno”, passando do horário entre 20h e 6h para 22h e 5h, ou seja, três horas a menos das quais o trabalhador receberia o aditivo. De acordo com José, a proposta visa igualmente “alterar a regra de fornecimento de Vale Alimentação e dos Planos de Saúde e retirar o Vale Cultura, que é um programa que a empresa tem adesão junto ao governo federal”.

Ademais, a proposta ratificaria o fim do Plano de Saúde pago pela estatal a seus funcionários. De acordo com o que definiu o TST, e que agora foi proposto no Acordo Coletivo pela empresa, os trabalhadores devem pagar o plano de saúde com seu próprio salário. O preço do plano individual deve variar entre 2,5% e 4,4%, a depender da renda líquida do trabalhador em questão. Para incluir um companheiro (a) e um filho (a), o valor deverá subir para, no mínimo, 4,9% e, no máximo, 8,6% do salário líquido do trabalhador.

Uma vez recebida a proposta, as assembleias locais – que serão realizadas na quarta e quinta-feira (18 e 19) – dos trabalhadores dos Correios deverão discuti-la e votar pela aprovação ou não dos termos. Para José Rivaldo, por se tratar de uma possível retirada de direitos, o rumo mais provável é que e as assembleias recusem a proposta e tentem continuar a negociação. “Neste momento, as negociações estão paralisadas. Estamos agora em um processo de mobilização, nesta quarta e quinta-feira com as assembleias, a tendência é a rejeição. Então, vamos comunicar a empresa que a proposta foi rejeitada e tentar seguir com a negociação”, explicou o secretário geral da FENTECT.

A diretoria da empresa afirma que a situação financeira está catastrófica, o que “justificaria” o arrocho salarial. Mas os trabalhadores questionam: “é preciso combater o discurso incoerente da ECT, que hora anuncia lucro milionário (mais de R$ 600 milhões, conforme informado na mídia) e hora fala em dificuldades. Enquanto isso, segue na empresa a política dos gastos, patrocínios, altos salários e parcerias com vistas à privatização”, afirmou a FENTECT em nota divulgada pela internet. Este lucro de R$ 600 milhões diz respeito ao que foi obtido em 2017, após quatro anos seguidos de prejuízos.

As negociações devem seguir até o dia 31 de julho. “A negociação está travada. Caso a empresa não mude de proposta e de postura, a tendência é que a gente se encaminhe para uma grande mobilização seguida de uma greve”, afirmou Rivaldo, “mas temos até o dia 31 para seguir negociando”, disse enfaticamente. Diante desta possibilidade, foram pré-agendadas assembleias para os dias 24, 25 e 26 de julho, para que seja deliberada uma greve a partir do dia 7 de agosto. Por Pedro Bianco, A Hora do Povo.
Propostas da empresa

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,9,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,38,Afastamentos,1,Agência,22,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,1,Animais,1,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,4,APP,1,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,26,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,4,Audiência,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,7,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,Black Friday,2,BNY Mellon,5,Cachorro,1,CADE,7,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,1,Cartas,2,Carteira de Trabalho,1,Carteiro,9,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,2,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,1,Clipping,1494,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,313,Correios Celular,10,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,10,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,12,Despacho Postal,21,Destaque,917,Desvio,1,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM 2018,3,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,18,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,1,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,16,FEDERAÇÕES,446,FEDEX,1,FENTECT,305,Férias,1,FINDECT,195,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,39,G1,1,Geral,451,GOL,1,Gratificação de Função,1,Greenfield,10,Greve,25,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,231,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,4,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,4,Ministro,1,Motociclistas,5,MPF,15,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Rizoma,4,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Papai Noel dos Correios 2018,8,Paralização,2,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Paulo Guedes,2,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,2,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,113,Postalis,374,Postalis Digital,1,PostalPrev,3,Praect,2,Premiação,1,Presidente,6,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,6,Primeira Hora,176,Privatização,13,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,2,Receita Federal,4,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,1,Restruturação,4,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde Bucal,1,Saúde da Mulher,5,Seguro de Vida,2,Selos,6,Série,7,Série Correios Saúde II,10,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,21,Sindecteb,31,Sindicato,777,Sintcom-PR,55,Sintect-AC,17,Sintect-AL,94,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,46,Sintect-GO,31,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,39,Sintect-MG,20,Sintect-MS,35,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,144,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,136,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,17,Taxa Emergencial,1,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,1,TCU,2,Tecnologia,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,22,União,2,UPU,2,USPOST,1,Vale Transporte,3,Vice-presidente,2,Vídeo,1030,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Correios: funcionários dizem ‘não’ a rebaixamento salarial
Correios: funcionários dizem ‘não’ a rebaixamento salarial
A empresa também proopôs que direitos, como adicional noturno e plano de saúde, sejam cortados ou rebaixados
https://4.bp.blogspot.com/-O0kg2z6EOfw/W0_BizzMkaI/AAAAAAAAQCU/rFxSiKBm-OsQykhcLJXzpsIdfQu5VhFXgCLcBGAs/s320/Carteiro.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-O0kg2z6EOfw/W0_BizzMkaI/AAAAAAAAQCU/rFxSiKBm-OsQykhcLJXzpsIdfQu5VhFXgCLcBGAs/s72-c/Carteiro.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/07/correios-funcionarios-dizem-nao.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/07/correios-funcionarios-dizem-nao.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar