MPF no Cade pede condenação dos Correios por infrações à ordem econômica

Parecer pede condenação da estatal por práticas anticompetitivas nos mercados nacionais de recebimento, transporte e entrega de correspondências e encomendas expressas

Em parecer enviado ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o Ministério Público Federal (MPF) pediu a condenação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) pela prática de condutas unilaterais de abuso de posição dominante, com geração de efeitos anticompetitivos no mercado. Além do pagamento de multa, o MPF pede que a estatal seja condenada a cessar a prática das condutas ilícitas, alvos de processo administrativo em trâmite no Tribunal do Cade.

No parecer, o procurador regional da República Márcio Barra Lima afirma que está comprovada a posição dominante da ECT tanto no mercado nacional de cartas, cartões-postais e correspondência agrupada – no qual os Correios detêm “monopólio legal” –, quanto no mercado nacional de encomendas expressas – atividade sujeita à livre concorrência, cuja participação da estatal “é indiscutivelmente superior a 20%”. Segundo o MPF, a posição dominante sobre determinada atividade no mercado nacional é relevante porque demonstra a capacidade real de um agente econômico em produzir efeitos anticompetitivos no mercado.

Barra Lima sustenta que há provas de que a estatal tentou impedir, por meio de notificações judiciais e extrajudiciais, empresas concorrentes de prestar serviços de entrega de cartões magnéticos e talões de cheque, bem como de motofrete, em relação aos quais não há definição legal ou judicial consolidada a respeito de sua inclusão nos serviços de monopólio legal da ECT. Afirma ainda que a ECT não presta serviço razoavelmente substituto ao oferecido por concorrentes. Assim, "resta caracterizada a conduta ilícita, na medida em que acarreta efeitos anticompetitivos no mercado (tanto com a criação de dificuldade ao funcionamento de concorrentes e a limitação de acesso de novas empresas ao mercado, como com a privação dos consumidores que desejam contratar os serviços), sem uma justificativa razoável para tanto”, conclui o procurador.

O parecer do MPF também reconhece a ocorrência de prática de discriminação de preços e condições de contratação referente aos serviços de entrega de encomendas expressas, como o “e-Sedex” e “redespacho e repostagem de encomendas”, na medida em que os Correios estabeleciam critérios de habilitação que impediam clientes concorrentes de contratar aqueles serviços, devendo utilizar outros, como o “Sedex” e o “PAC”, os quais possuem preços mais elevados. “Ressalte-se que a ECT é a única titular da rede postal pública, de sorte que as empresas dela concorrentes no mercado de encomendas expressas, atividade econômica em sentido estrito sujeita à competição, muitas vezes necessitam fazer uso da rede da representada para implementar a sua atuação”, explica Márcio Barra Lima no documento.

Dessa forma, o MPF reconhece a prática de infração à ordem econômica, tendo em vista que as razões indicadas pela ECT para a discriminação realizada não são legítimas. Segundo o parecer, a estatal não conseguiu demonstrar racionalidade econômica da conduta adotada, imprimindo, de fato, apenas um tratamento diferenciado entre clientes concorrentes e não-concorrentes, em prejuízo à concorrência.

Pedidos – O MPF opinou pelo arquivamento do processo em relação à alegação de conduta de litigância abusiva anticompetitiva por meio de ações judiciais e notificações extrajudiciais para aumentar os custos dos rivais e excluí-los do mercado (prática conhecida como “sham litigation”). Solicitou ainda que, em caso de condenação por abuso de posição dominante, as unidades do MPF no Distrito Federal e em São Paulo sejam comunicadas da decisão para ciência e eventual propositura de ações cíveis e penais cabíveis.

A relatora do caso no Tribunal do Cade é a conselheira Polyanna Ferreira Silva Vilanova. As informações são da Secretaria de Comunicação Social do MPF.

Processo Administrativo 08700.009588/2013-04

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,9,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,Acidente,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,38,Afastamentos,1,Agência,23,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,1,Animais,1,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,4,APP,1,Apreensão,2,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,27,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,4,Audiência,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,7,Banco Postal,24,BB,1,Benefícios,9,Black Friday,3,BNY Mellon,5,Cachorro,1,CADE,7,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,1,Cartas,2,Carteira de Trabalho,1,Carteiro,10,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,2,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,1,Clipping,1499,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,314,Correios Celular,10,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,11,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,12,Despacho Postal,21,Destaque,917,Desvio,1,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM 2018,3,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,19,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,1,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,16,FEDERAÇÕES,446,FEDEX,1,FENTECT,305,Férias,1,FINDECT,195,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,40,G1,1,Geral,453,GOL,1,Gratificação de Função,1,Greenfield,10,Greve,25,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,232,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,4,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,4,Ministro,1,Motociclistas,5,MPF,16,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Rizoma,4,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Papai Noel dos Correios 2018,8,Paralização,3,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Paulo Guedes,2,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,2,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,2,Portaria,2,Postal Saúde,114,Postalis,375,Postalis Digital,1,PostalPrev,3,Praect,2,Premiação,1,Presidente,6,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,6,Primeira Hora,176,Privatização,14,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,2,Receita Federal,6,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,1,Restruturação,4,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde Bucal,1,Saúde da Mulher,5,Seguro de Vida,2,Selos,6,Série,7,Série Correios Saúde II,11,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,22,Sindecteb,31,Sindicato,778,Sintcom-PR,54,Sintect-AC,17,Sintect-AL,94,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,47,Sintect-GO,31,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,39,Sintect-MG,20,Sintect-MS,35,Sintect-MT,24,Sintect-PB,30,Sintect-PE,29,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,144,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,136,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,17,Taxa Emergencial,1,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,1,TCU,2,Tecnologia,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT3,1,TRT9,1,TSE,3,TST,22,União,2,UPU,2,USPOST,1,Vale Transporte,3,Vice-presidente,2,Vídeo,1011,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: MPF no Cade pede condenação dos Correios por infrações à ordem econômica
MPF no Cade pede condenação dos Correios por infrações à ordem econômica
Parecer pede condenação da estatal por práticas anticompetitivas nos mercados nacionais de recebimento, transporte e entrega de correspondências e encomendas expressas
https://1.bp.blogspot.com/-2Vrlt9TeQuM/WyF8lBQX3wI/AAAAAAAAPcg/DmEpOReS_6En2FCqHddJ8wCwYc_aBmZmQCPcBGAYYCw/s320/Predio%2BCorreios.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-2Vrlt9TeQuM/WyF8lBQX3wI/AAAAAAAAPcg/DmEpOReS_6En2FCqHddJ8wCwYc_aBmZmQCPcBGAYYCw/s72-c/Predio%2BCorreios.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/06/mpf-no-cade-pede-condenacao-dos.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/06/mpf-no-cade-pede-condenacao-dos.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar