CMN restringe aplicações de fundos de pensão

Postalis e Previ tiveram prejuízos com imóveis comprados e a Funcef tem imóveis encalhados na carteira.

Edifício Postalis / Foto: Reprodução
Os fundos de pensão terão os próximos 12 anos para vender os imóveis da carteira de investimentos ou criar fundos exclusivos para administrar esse patrimônio. Além disso, novos investimentos em prédios, terrenos ou empreendimentos semelhantes só poderão ser realizados por meio de fundos imobiliários, certificados de investimento imobiliário, ou cédulas de crédito imobiliário. A nova regra foi estabelecida por meio da resolução nº 4.661, do Conselho Monetário Nacional (CMN), que revogou a nº 3.972, de 2009.

O novo regramento ainda determinou que a participação das entidades fechadas de previdência complementar em investimentos imobiliários subirá de 8% para 20%, já que serão permitidos outros tipos de aplicações indiretas em imóveis, por meio dos fundos ou títulos de dívida. A mudança leva em conta experiências de insucesso de fundos de pensão ou casos de irregularidades. A Previ, o fundo de pensão dos Banco Brasil, acumulou prejuízos com o empreendimento na Costa do Sauípe (BA) e vendeu o complexo.

O Postalis, fundação dos empregados dos Correios, comprou terrenos e os revendeu com prejuízo. A Funcef, dos trabalhadores da Caixa Econômica Federal, tem imóveis encalhados na carteira, com alto custo administrativo, que estão desalugados e não conseguem ser revendidos. Outra mudança ocorreu nas regras para aplicação nos investimentos em Fundos de Investimento em Participação (FIP). A participação total dos ativos das fundações nessa classe de ativos encolheu de 20% para 15%.

Além disso, as entidades fechadas de previdência complementar só poderão aplicar em FIPs classificados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) como “Entidades para Investimento”. Também será exigido que o gestor do fundo tenha uma participação mínima de 3% do investimento.

A medida foi tomada para coibir irregularidades semelhantes as apuradas pela operação Greenfield, em que fundos de pensão aplicaram nesses fundos e tiveram prejuízos. Em muitos casos, entravam com todo o recurso e detinham participações minoritárias. A norma ainda obriga que todos os fundos de pensão tenham um administrador ou comitê responsável pela gestão de riscos. Por Antonio Temóteo, Correio Braziliense.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,9,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,38,Afastamentos,1,Agência,22,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,1,Animais,1,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,4,APP,1,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,26,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,4,Audiência,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,7,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,Black Friday,1,BNY Mellon,5,Cachorro,1,CADE,7,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,1,Cartas,2,Carteira de Trabalho,1,Carteiro,9,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,1,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,1,Clipping,1491,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,313,Correios Celular,10,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,10,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,12,Despacho Postal,20,Destaque,916,Desvio,1,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM 2018,3,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,18,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,1,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,16,FEDERAÇÕES,446,FEDEX,1,FENTECT,305,Férias,1,FINDECT,195,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,40,G1,1,Geral,451,GOL,1,Gratificação de Função,1,Greenfield,10,Greve,25,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,231,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,4,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,4,Ministro,1,Motociclistas,5,MPF,15,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Rizoma,4,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Papai Noel dos Correios 2018,8,Paralização,2,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Paulo Guedes,2,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,2,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,112,Postalis,374,Postalis Digital,1,PostalPrev,3,Praect,2,Premiação,1,Presidente,5,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,6,Primeira Hora,176,Privatização,12,Processo,22,Professora,1,Programa Saúde da Mulher,3,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,2,Receita Federal,4,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,1,Restruturação,4,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde da Mulher,2,Seguro de Vida,2,Selos,5,Série,7,Série Correios Saúde II,10,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,21,Sindecteb,31,Sindicato,776,Sintcom-PR,55,Sintect-AC,17,Sintect-AL,94,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,46,Sintect-GO,31,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,39,Sintect-MG,19,Sintect-MS,35,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,144,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,136,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,17,Taxa Emergencial,1,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,1,TCU,2,Tecnologia,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,22,União,2,UPU,2,USPOST,1,Vale Transporte,3,Vice-presidente,2,Vídeo,1031,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: CMN restringe aplicações de fundos de pensão
CMN restringe aplicações de fundos de pensão
Postalis e Previ tiveram prejuízos com imóveis comprados e a Funcef tem imóveis encalhados na carteira.
https://4.bp.blogspot.com/-8PAU1STlnyc/Ws9lfmN46HI/AAAAAAAAOVA/-ZOkxCp1Q4wMftvW-WDsvvoxqLddd1Q_wCPcBGAYYCw/s320/Edif%25C3%25ADcio%2BPostalis.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-8PAU1STlnyc/Ws9lfmN46HI/AAAAAAAAOVA/-ZOkxCp1Q4wMftvW-WDsvvoxqLddd1Q_wCPcBGAYYCw/s72-c/Edif%25C3%25ADcio%2BPostalis.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/05/cmn-restringe-aplicacoes-de-fundos-de.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/05/cmn-restringe-aplicacoes-de-fundos-de.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar