Correios voltam com taxa de violência

TRF-2 derruba liminar e autoriza a cobrança da taxa de R$ 3 para entregas na Região Metropolitana

Áurea Patrícia de Souza considera a cobrança da taxa como uma falta de respeito. Desde novembro, ela não recebe encomenda em casa - foto: Daniel Castelo Branco
A partir de hoje, os Correios podem cobrar a Taxa de Emergência Excepcional (Emex) de R$ 3, por encomenda, em entregas em toda Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, desembargador federal André Fontes, suspendeu a liminar que impedia a estatal de realizar a cobrança, reivindicada por conta dos altos índices de roubos de carga nos últimos meses.

A taxa havia sido suspensa pela 5ª Vara Federal do Rio, em ação civil pública ajuizada pelo Procon-RJ. Contra a medida, os Correios apresentaram ao TRF2 o pedido de suspensão de liminar. Em sua decisão, o desembargador ponderou que a proibição da cobrança "prejudica a atuação da empresa pública, em relação aos concorrentes, aos quais não é vedada a aplicação do adicional por encomenda".

O desembargador André Fontes considerou ainda o risco de grave lesão à ordem pública, podendo ficar inviabilizada a prestação do serviço de entrega de correspondências, que é realizado exclusivamente pelos Correios. O presidente do Tribunal também concluiu que o valor cobrado não é abusivo, sendo "compatível com o valor cobrado pelos seus concorrentes para entrega de encomendas na região metropolitana do Rio, que são cobrados em percentuais de 0,15% a 0,50% sobre o valor da encomenda e têm mínimo estipulado entre R$ 3 e R$ 10".

Anunciada no final de fevereiro, a cobrança resistiu à ação civil pública promovida pelo Procon-RJ impetrada na 27ª Vara Federal do Rio de Janeiro. À época, a juíza Geraldine de Castro, responsável por expedir a decisão, declarou que a taxa não evidenciava ilegalidade nem abusividade, por parte dos Correios.

Mas no dia 9 de março, três dias após o início da arrecadação extra, o órgão que representa os consumidores recorreu novamente e o juiz Firly Nascimento Filho, da 5ª Vara Federal da capital, concedeu a liminar que suspendia a cobrança. A decisão alegava que a taxa discriminava os moradores da cidade.

A tendência é que os recursos, de ambas as partes, se esgotem até a última instância. O vereador Jones Moura (PSD), autor do pedido encaminhado pelo Procon-RJ, chegou a dizer, durante a primeira derrota na Justiça, que a decisão era "inadmissível".

Os clientes, por sua vez, não escondem a revolta. "Isso é uma falta de respeito", afirmou Áurea de Souza, 33 anos, que desde novembro não recebe encomenda em casa, em em Santa Teresa. Isso a obriga a ir toda semana à central de distribuição dos Correios, na Cidade Nova.

Queda de 700 mil correspondências para pessoas jurídicas
Os Correios não revelam a quantidade de endereços impedidos por motivo de segurança. Mas admitem que as entregas de correspondências de pessoas jurídicas caíram, em 700 mil unidades, no ano passado, por este e outros motivos. Em 2016, foram 5,9 bilhões de envios, contra 6,6 bilhões em 2015. Números de 2017 ainda não foram divulgados.

Estima-se que pelo menos 200 mil pessoas residam em endereços batizados de 'CEPs do medo' nas zonas Norte e Oeste. Eles são privados de receber principalmente móveis, eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos.

O advogado Márcio dos Anjos considera a cobrança de R$ 3 abusiva. "Sem concorrente, a empresa, que deve assumir o ônus de riscos e não o consumidor, não dá chance de escolha ao cliente".

Já para a advogada Giselle Farinhas, a taxa não é ilegal e nem imoral. "É evidente a falência do estado na segurança, o que afetou esse serviço essencial". Carlos Eduardo Carvalho, advogado do Reclamar Adianta, disse que a empresa não pode instituir taxa "baseada apenas em subjetividade". "Do contrário é discriminação". Por Francisco Edson Alves, agência O Dia.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AADC,7,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ADCAP,11,Aplicativo,1,Aposentados,1,Assaltos,2,Assédio Moral,1,ATAs,1,Banco Postal,23,Benefícios,8,Casamento,1,CDD Polo,1,CGU,1,Clipping,1163,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Correios,237,DDA,3,Destaque,705,Direitos dos Empregados,22,Estadão Conteúdo,1,Exclusiva,73,FAACO,1,Falecimento,1,FEDERAÇÕES,344,FENTECT,234,FINDECT,138,Fundos de Pensão,27,G1,1,Geral,283,Greve,18,Indicação,1,Informe Jurídico,183,Licenças,2,Luta Unificada,33,Manuais,2,Motociclistas,3,MPF,4,OAI,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Policia Federal,1,Postal Saúde,61,Postalis,271,Previc,1,Primeira Hora,145,Processo,21,Protesto,1,Seguro de Vida,2,Sincort-PA,9,Sincotelba,14,Sindecteb,24,Sindicato,638,Sintcom-PR,40,Sintect-AC,13,Sintect-AL,72,Sintect-AM,4,Sintect-AP,10,Sintect-CAS,10,Sintect-CE,11,Sintect-DF,43,Sintect-ES,36,Sintect-GO,17,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,30,Sintect-MG,14,Sintect-MS,24,Sintect-MT,22,Sintect-PB,29,Sintect-PE,24,Sintect-PI,39,Sintect-RJ,104,Sintect-RN,14,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,14,Sintect-RR,1,Sintect-RS,43,Sintect-SC,26,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,103,Sintect-STS,11,Sintect-TO,12,Sintect-URA,9,Sintect-VP,9,TRT,25,TST,10,Vídeo,718,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Correios voltam com taxa de violência
Correios voltam com taxa de violência
TRF-2 derruba liminar e autoriza a cobrança da taxa de R$ 3 para entregas na Região Metropolitana
https://3.bp.blogspot.com/-u_MPETuloiU/Ws3quvCrsdI/AAAAAAAAOR0/oSJnsm-u3PMU62bNMIWs4wUuLwgZv96oACLcBGAs/s320/Cliente%2BCorreios.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-u_MPETuloiU/Ws3quvCrsdI/AAAAAAAAOR0/oSJnsm-u3PMU62bNMIWs4wUuLwgZv96oACLcBGAs/s72-c/Cliente%2BCorreios.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/04/correios-voltam-com-taxa-de-violencia.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/04/correios-voltam-com-taxa-de-violencia.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ ARTIGO ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar