Ilustríssimo senhor

Hoje, quase ninguém escreve cartas; aos poucos, elas foram substituídas pelas opções digitais e os correios do mundo inteiro tentam se adaptar à nova realidade

Houve um tempo em que os ilustríssimos, as excelentíssimas ou os prezados estavam por aí. Eram o parente distante, o amigo em viagem, a secretária da empresa, o cliente do advogado, a gerente do banco, a quem cartas e cartões eram enviados. E havia, naturalmente, as tão efusivas cartas de amor.

Hoje, quase ninguém escreve cartas. Aos poucos, elas foram substituídas pelas opções digitais ou, simplesmente, por recados passados pelo WhatsApp, em vídeo, imagens ou áudio. E nos kilobytes não cabem tantas formalidades.
Fonte: Correios
Ao longo de 2016, no Planeta Terra, a cada minuto, 29 milhões de mensagens eram disparadas no WhatsApp; 3,3 milhões de posts (textos, fotos ou vídeos), publicados no Facebook; 448,8 mil tweets inundavam o Twitter; e 149,5 mil e-mails saíam e entravam nas caixas de entrada dos internautas.

O levantamento é da empresa de marketing britânica Smart Insight. Este é o fim trágico dos correios? Ainda não. Porém, o impacto está aí. Os serviços postais perderam por ano, em todo o mundo, 100 bilhões de cartas em comparação às enviadas há uma década, como mostra pesquisa da consultoria Accenture.

No Brasil, os Correios – empresa estatal que desde a época da Coroa Portuguesa detém exclusividade no envio de cartas, telegramas e boletos – relatam que essa queda só começou a ser sentida nos últimos seis anos. Em 2017, foram entregues, por mês, cerca de 360 milhões de mensagens. E como não foram só as postagens pessoais que passaram às plataformas digitais, a redução também é percebida no volume de remessas de conteúdo de natureza econômica, como contas de telefone ou de luz e boletos de cobrança do banco. De 2014 para 2016, envios do tipo encolheram 10% ao ano.

Parte da estratégia de sobrevivência da estatal brasileira e dos outros serviços postais pelo mundo é digitalizar o processo de envio deste meio de mensagem tão analógico que é o papel. Aqui, os Correios apontam que têm investido na automatização da logística de distribuição das mensagens.

Lá fora, a pesquisa da Accenture também identificou outras estratégias. Uma delas também usa a tecnologia. As companhias de correio oferecem serviços de marketing, em que identificam por meio de bancos de dados e georreferência, consumidores que se enquadram no público-alvo de cada empresa para enviar publicidade personalizada. É o que faz a Royal Mail, do Reino Unido. A outra estratégia tem sido testar a elasticidade dos preços, a fim de conferir até que valor o cliente está disposto a pagar para enviar cartas. Só na Europa, as tarifas subiram 11% ao ano, de 2013 a 2016.

Há, no entanto, uma mudança gradual de atividade. De olho nos transporte de encomendas, as empresas surfam na onda do comércio eletrônico, que cresceu mundialmente 20% em dez anos. Prova disso, é que, de 2006 a 2016, o volume de entregas feitas pelas empresas postais foi 62,43% maior.
Fonte: Universal Postal Union (UPU)
Aqui, os Correios devem investir US$ 108 milhões. Até 2020, preveem ter em funcionamento 19 conjuntos de máquinas e robôs que conseguem identificar e separar para envio 220 mil pacotes por hora. Além disso, os carteiros receberão 58,2 mil smartphones para o registro de entregas; a linha terrestre de transporte deve ser ampliada em 30%; e, em parceria com a companhia aérea Azul, foi criada transportadora de cargas, que deve começar a atuar no primeiro semestre de 2018.

Mas, ainda que crescente, a entrega de encomendas via Sedex ou PAC não é garantia de tarefa fácil. No Brasil e no mundo, as companhias postais concorrem com empresas especializadas. De 2013 a 2015, a grande oferta do serviço no mundo derrubou as tarifas por pacote em 0,5%. No Brasil, os Correios seguem líderes do setor, mas números da Ebit, consultoria de comércio eletrônico, mostram que a estatal, que entregava metade das encomendas do e-commerce até há pouco mais de dois anos, hoje entrega apenas 40%. Por aqui, é preciso encarar a concorrência, a estrutura viária precária e até a violência urbana. Um desafio e tanto. Por Celso Ming e Raquel Brandão, O Estado de S.Paulo.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,8,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,32,Afastamentos,1,Agência,5,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,3,Anistia,2,ANS,1,Aplicativo,1,Aposentados,4,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,17,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,1,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atestado,1,Atrasos,2,Auxílio-creche,1,Azul,5,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,CADE,5,Cães,1,Cajamar,1,Calote,1,Caminhão,1,Canal Descomplica,1,Cartas,2,Carteiro,3,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,1,CDD Polo,1,CGU,1,Chip Amarelinho,1,Clipping,1425,Concurso,2,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,1,Copa do Mundo 2018,1,Correios,267,Correios Celular,9,Correios Saúde II,3,Corte de Energia,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,2,DDA,6,Déficit,1,Despacho Postal,18,Destaque,866,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,Estadão Conteúdo,1,Estatais,7,Exclusiva,77,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,1,FEDERAÇÕES,438,FEDEX,1,FENTECT,300,FINDECT,190,Fiscalização,1,Fundos de Pensão,30,G1,1,Geral,417,GOL,1,Greve,20,Indicação,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,225,Insegurança,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Joint Venture,2,Jovem Aprendiz,2,Justa Causa,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Logística,1,Luta Unificada,34,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério do Planejamento,1,Motociclistas,5,MPF,8,MPT,1,MTE,1,OAI,1,Operação Rizoma,3,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Paternidade,1,Patrocínio,6,PCCS1995,2,Plano de Saúde,1,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,90,Postalis,354,PostalPrev,1,Praect,2,Prestador,1,Previc,2,Primeira Hora,175,Privatização,2,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Recadastramento,2,Receita Federal,3,Reclamações,3,Refém,2,Refis Postal,1,Renegociação,1,Roubo,1,Salários,1,Saúde da Mulher,1,Seguro de Vida,2,Selos,4,Série,7,Série Correios Saúde II,3,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,19,Sindecteb,29,Sindicato,755,Sintcom-PR,53,Sintect-AC,17,Sintect-AL,87,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,44,Sintect-GO,30,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,38,Sintect-MG,19,Sintect-MS,32,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,44,Sintect-RJ,141,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,129,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,3,TCU,1,Terceirização,2,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,1,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,20,União,2,Vale Transporte,2,Vídeo,981,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Ilustríssimo senhor
Ilustríssimo senhor
Hoje, quase ninguém escreve cartas; aos poucos, elas foram substituídas pelas opções digitais e os correios do mundo inteiro tentam se adaptar à nova realidade
https://3.bp.blogspot.com/-haRd1LFVwqI/WlEjN1HfJoI/AAAAAAAALWI/NER4abrRGVQudCCz6fmDG3DPh5LizoviACLcBGAs/s320/Cartas.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-haRd1LFVwqI/WlEjN1HfJoI/AAAAAAAALWI/NER4abrRGVQudCCz6fmDG3DPh5LizoviACLcBGAs/s72-c/Cartas.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/01/ilustrissimo-senhor.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/01/ilustrissimo-senhor.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar