Justiça mantém decisão para que a ECT não pratique atos antissindicais, nem realize desconto no salário dos trabalhadores que aderiam à greve de 30/06/2017

Em 29/06/2017 a Justiça do Trabalho havia reconhecido a existência de ilícito a ser inibido, concedo a tutela inibitória requerida pelo SINTECT-SP, determinando que os Correios se abstivessem de praticar atos antissindicais, bem como para impedir a realização de qualquer desconto no salário dos trabalhadores que viessem a participar da greve, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 por cada trabalhador atingido.

Na data de ontem, 30/11/2017, foi prolatada a sentença sendo enfatizado pela Juíza do Trabalho da 17ª Vara do Trabalho de São Paulo/SP, Rosana Devito, que a Constituição da República de 1988 assegurou aos trabalhadores o direito de greve, conferindo a eles “decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender” (art. 9º da CF/88).

Nas palavras da Magistrada:

A greve, portanto, consagrada pelo texto constitucional no Título II – Dos Direitos e Garantias Fundamentais, possui clara natureza jurídica de direito fundamental.

Assim, como um Direito Social, a greve é um instrumento a ser protegido.”

Lembrando que a ECT havia constrangido os trabalhadores, através do Primeira Hora, ameaçando realizar descontos salariais daqueles que participassem da greve a qual foi deflagrada na assembleia de 29/06/2017, e até orientando os trabalhadores a no dia da greve a trabalharem nas unidades mais próximas de suas residências.

A Justiça entendeu que apesar de o art. 7º da lei de greve (7.783/89) ter estabelecido que “a participação em greve suspende o contrato de trabalho”, não pode haver interpretação no sentido de limitar ou frustrar o exercício de um direito fundamental, pois a Constituição constitui norma de aplicabilidade imediata e de eficácia plena:

Assim, revestida de caráter informativo, a notícia prestada pelos Correios aos seus trabalhadores aventando a possibilidade de descontos salariais àqueles que pretendiam participar da greve constitui, na realidade, clara ameaça ao movimento paredista.

Ao proceder dessa forma, com a manifesta intenção de intimidar, a demandada inviabiliza o exercício de um direito fundamental constitucionalmente assegurado e enfraquece o movimento paredista, sendo certo, ainda, que o desconto dos dias parados compromete severamente o direito de sobrevivência dos trabalhadores. A conduta, portanto, viola os princípios da liberdade sindical e da dignidade da pessoa humana, e constitui um atentado contra o Estado Social de Direito.”

Assim, foi mantido todos os termos da tutela antecipada deferida, inclusive acerca das sanções ali definidas, de modo a coibir a prática de atos antissindicais pela demandada e impedir qualquer desconto salarial daqueles que resolveram aderir à greve que ocorreu em 30/06/2017.

* Orientamos todos os trabalhadores que tiveram descontos decorrentes desta greve a encaminhar ao Sindicato cópias dos respectivos holerites.

Venha lutar conosco, clique aqui e sindicalize-se!
Fonte: Sintect-SP

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,8,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,32,Afastamentos,1,Agência,5,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,3,Anistia,2,ANS,1,Aplicativo,1,Aposentados,4,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,17,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,1,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atestado,1,Atrasos,2,Auxílio-creche,1,Azul,5,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,CADE,5,Cães,1,Cajamar,1,Calote,1,Caminhão,1,Canal Descomplica,1,Cartas,2,Carteiro,3,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,1,CDD Polo,1,CGU,1,Chip Amarelinho,1,Clipping,1424,Concurso,2,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,1,Copa do Mundo 2018,1,Correios,266,Correios Celular,9,Correios Saúde II,3,Corte de Energia,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,2,DDA,6,Déficit,1,Despacho Postal,18,Destaque,866,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,Estadão Conteúdo,1,Estatais,6,Exclusiva,77,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,1,FEDERAÇÕES,438,FEDEX,1,FENTECT,300,FINDECT,190,Fiscalização,1,Fundos de Pensão,30,G1,1,Geral,417,GOL,1,Greve,20,Indicação,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,225,Insegurança,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Joint Venture,2,Jovem Aprendiz,2,Justa Causa,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Logística,1,Luta Unificada,34,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério do Planejamento,1,Motociclistas,5,MPF,8,MPT,1,MTE,1,OAI,1,Operação Rizoma,3,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Paternidade,1,Patrocínio,6,PCCS1995,2,Plano de Saúde,1,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,90,Postalis,354,PostalPrev,1,Praect,2,Prestador,1,Previc,2,Primeira Hora,175,Privatização,1,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Recadastramento,2,Receita Federal,3,Reclamações,3,Refém,2,Refis Postal,1,Renegociação,1,Roubo,1,Salários,1,Saúde da Mulher,1,Seguro de Vida,2,Selos,4,Série,7,Série Correios Saúde II,3,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,19,Sindecteb,29,Sindicato,755,Sintcom-PR,53,Sintect-AC,17,Sintect-AL,87,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,44,Sintect-GO,30,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,38,Sintect-MG,19,Sintect-MS,32,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,44,Sintect-RJ,141,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,129,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,3,TCU,1,Terceirização,2,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,1,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,20,União,2,Vale Transporte,2,Vídeo,981,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Justiça mantém decisão para que a ECT não pratique atos antissindicais, nem realize desconto no salário dos trabalhadores que aderiam à greve de 30/06/2017
Justiça mantém decisão para que a ECT não pratique atos antissindicais, nem realize desconto no salário dos trabalhadores que aderiam à greve de 30/06/2017
Em 29/06/2017 a Justiça do Trabalho havia reconhecido a existência de ilícito a ser inibido, concedo a tutela inibitória requerida pelo SINTECT-SP, determinando que os Correios se abstivessem de praticar atos antissindicais, bem como para impedir a realização de qualquer desconto no salário dos trabalhadores que viessem a participar da greve, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 por cada trabalhador atingido.
https://4.bp.blogspot.com/-yozKE6-Vnf4/WiGsxUa_N9I/AAAAAAAAJ-I/aK4Ghf1CgiQlYZR1mC7xlr_GVcIRkt6_gCLcBGAs/s320/Decisao.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-yozKE6-Vnf4/WiGsxUa_N9I/AAAAAAAAJ-I/aK4Ghf1CgiQlYZR1mC7xlr_GVcIRkt6_gCLcBGAs/s72-c/Decisao.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/12/justica-mantem-decisao-para-que-ect-nao.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/12/justica-mantem-decisao-para-que-ect-nao.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar