Governo e presidente dos Correios desmontam empresa e ainda comemoram

Enquanto isso, o trabalhador se “arrebenta”, com sobrecarga, adoecimentos, precarização nas condições de trabalho e ataque aos seus direitos e benefícios, conquistados com muita luta ao longo de décadas

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão divulgou no último dia 4, o Boletim das Empresas Estatais, onde informa que o país fecha o terceiro trimestre de 2017 com 506.852 empregados em 149 empresas federais. O governo objetiva terminar o ano de 2017 com menos de 500 mil empregados o que, segundo Fernando Antônio Ribeiro Soares, secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, tem como objetivo “recuperar as empresas estatais, reduzir os custos, aumentar a produtividade e aproximar-se cada vez mais de indicadores de mercado. As empresas estatais têm que apresentar sustentabilidade”.

Entre os órgãos que mais “enxugaram” somente nos três primeiros trimestres de 2017 está o Correios, com 7.129 trabalhadores a menos. Se for considerado o período entre 2013 a 2017, foram 17.070 trabalhadores a menos (passou de 125.410 para 108.340). A mesma situação se deu no Banco do Brasil, Caixa, Petrobrás e outras importantes instituições públicas brasileiras.

O governo do desmonte e da privatização comemora os números. Mas enquanto isso, o trabalhador se “arrebenta”, com sobrecarga, adoecimentos, precarização nas condições de trabalho e ataque aos seus direitos e benefícios, conquistados com muita luta ao longo de décadas. A população também é vítima deste desmonte, enfrentando filas para retirar suas correspondências e encomendas, situação que afeta ainda a categoria, que tem que passar o dia explicando que a culpa não é dos trabalhadores.

Ou seja, as estatais no geral, incluindo os Correios, estão passando por um brutal processo de desmonte, com impactos para os trabalhadores e para a sociedade, e o governo e o presidente dos Correios comemoram.

Esta e outras notícias veiculadas todos os dias na imprensa, evidenciam a rapidez com que se cumpre no país um projeto neoliberal de estado mínimo, onde especialmente os servidores públicos são descartáveis. Estado mínimo quer dizer funcionalismo mínimo. Por isso os PDVs e logo, as privatizações com as demissões.

Assim, reiteramos aos trabalhadores de Correios a necessidade de fortalecermos a nossa unidade e o nosso Sindicato. Será somente estando vigilantes, fortalecendo cada vez mais nossa resistência, em conjunto com outras categorias, que poderemos fazer frente a este massacre contra as empresas públicas, aos nossos direitos e ao conjunto do funcionalismo.

Venha lutar conosco, clique aqui e sindicalize-se!
Fonte: Sintect-RS

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AADC,7,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,8,ADCAP,15,ALMG,1,ANATECT,1,Aplicativo,1,Aposentados,1,Assaltos,2,Assédio Moral,1,ATAs,1,Banco Postal,23,Benefícios,8,Casamento,1,CDD Polo,1,CGU,1,Clipping,1290,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Correios,237,Correios Celular,1,DDA,3,Destaque,769,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Estadão Conteúdo,1,Exclusiva,74,FAACO,2,Falecimento,1,FEDERAÇÕES,382,FENTECT,263,FINDECT,154,Fundos de Pensão,27,G1,1,Geral,340,Greve,18,Indicação,1,Informe Jurídico,197,Licenças,2,Luta Unificada,33,Manuais,2,Marcos César,6,Motociclistas,3,MPF,4,OAI,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Policia Federal,1,Postal Saúde,70,Postalis,300,Previc,1,Primeira Hora,157,Processo,21,Protesto,1,Seguro de Vida,2,Série,7,Sincort-PA,9,Sincotelba,17,Sindecteb,25,Sindicato,672,Sintcom-PR,42,Sintect-AC,13,Sintect-AL,73,Sintect-AM,4,Sintect-AP,10,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,46,Sintect-ES,38,Sintect-GO,18,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,32,Sintect-MG,15,Sintect-MS,25,Sintect-MT,23,Sintect-PB,30,Sintect-PE,25,Sintect-PI,42,Sintect-RJ,119,Sintect-RN,14,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,14,Sintect-RR,1,Sintect-RS,48,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,113,Sintect-STS,11,Sintect-TO,12,Sintect-URA,9,Sintect-VP,9,TRT,25,TST,11,Vídeo,830,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Governo e presidente dos Correios desmontam empresa e ainda comemoram
Governo e presidente dos Correios desmontam empresa e ainda comemoram
Enquanto isso, o trabalhador se “arrebenta”, com sobrecarga, adoecimentos, precarização nas condições de trabalho e ataque aos seus direitos e benefícios, conquistados com muita luta ao longo de décadas
https://3.bp.blogspot.com/-oWS86E-Or9s/Wim6b-QcUuI/AAAAAAAAKeo/5FDUKC6vOFEzAX3w2YRqcVE1X-lEHlyEwCLcBGAs/s320/Destruidor%2Bde%2Bestatais.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-oWS86E-Or9s/Wim6b-QcUuI/AAAAAAAAKeo/5FDUKC6vOFEzAX3w2YRqcVE1X-lEHlyEwCLcBGAs/s72-c/Destruidor%2Bde%2Bestatais.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/12/governo-e-presidente-dos-correios.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/12/governo-e-presidente-dos-correios.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ ARTIGO ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar