Contratação de vigilantes armados em bancos postais pode inviabilizar modelo, diz presidente dos Correios

O presidente da ECT, Guilherme Campos, informou que 97% das unidades de banco postal, espalhadas em dois mil municípios, são deficitárias

Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Debatedores discordaram sobre a exigência de contratação de vigilantes armados em bancos postais e correspondentes bancários em audiência na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara. O debate atendeu a requerimentos dos deputados Paulo Magalhães (PSD-BA) e Goulart (PSD-SP).

Magalhães explica que o aumento da violência levou a diversas decisões das Justiças estaduais obrigando correspondentes bancários, como bancos postais, lotéricas e drogarias que oferecem serviços bancários, a seguirem as regras de segurança previstas para os bancos na Lei 7.102/83. Para o deputado, a exigência de contratação de vigilantes inviabiliza a oferta do serviço devido ao elevado custo. “Temos que ter uma solução imediata para o problema”, disse.

Unidades deficitárias

O presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Guilherme Campos Júnior, afirmou que as decisões judiciais atingem as unidades de banco postal de cerca de 2 mil municípios. Segundo ele, 97% das unidades de banco postal desses municípios são deficitárias, mesmo sem contabilizar o custo da vigilância, que seria, em média, de R$ 4,8 mil por posto. Campos informou que foi fechado acordo com Banco do Brasil para custeio, pelo BB, dos custos com a vigilância nos bancos postais até julho do ano que vem, já que os Correios não têm capacidade financeira de manter a atividade. (Clique aqui para acessar o material apresentado na audiência)

Mas, conforme o presidente da ECT, é preciso encontrar uma solução definitiva para o problema. Caso contrário, segundo ele, haverá descontinuidade da atividade de banco postal em algumas agências dos Correios. Campos ressaltou ainda que um dos problemas enfrentados nas agências do banco postal seriam as explosões, o qual, na visão dele, a contratação de um segurança armado não vai resolver. “É um problema de segurança pública”, apontou.

Equiparação aos bancos

Já o procurador do Trabalho da 6ª Região e coordenador nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho, Leonardo Mendonça, defendeu a exigência. “É importante esse serviço, é importante a manutenção dele, mas é importante também que seja prestado de forma segura para os trabalhadores”, disse. De acordo com ele, o Ministério Público ingressou com ação civil pública em diversos estados pedindo a equiparação dos correspondentes bancários aos bancos no que se refere às regras de segurança.

Porém, destacou que outras ações pedindo a contratação de seguranças foram protocoladas por sindicatos de trabalhadores desses correspondentes bancários. Ele ressaltou ainda o aumento “vertiginoso” de assaltos em locais que oferecem serviços bancários e acrescentou ainda que vários trabalhadores reclamam danos morais na Justiça por terem sido vítimas de assaltos.

Segurança pública

Walter Tadeu de Faria, diretor-adjunto de Operações da Federação Brasileira de Bancos, acredita que a atividade dos correspondentes bancários poderá ser inviabilizada pela exigência de contratação de vigilantes, sem resolver efetivamente o problema de segurança. Ele também defendeu que se trata de um problema de segurança pública, que deve ser resolvido pelo Estado brasileiro.

Conforme Faria, existem hoje 148 mil correspondentes bancários, sendo que 36 mil atendem às regiões Norte e Nordeste, especialmente às classes D e E. Já a rede bancária possui 23 mil agências. Ele salientou a importância, portanto, dos correspondentes bancários para a oferta desse serviço para os brasileiros.

O deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) também acredita que, na prática, não há condições de implementação da exigência por lotéricas e outros correspondentes, por exemplo, por conta dos custos. “Os Correios não vão aguentar bancar. A empresa não é responsável pelo problema da segurança pública no Brasil”, acrescentou ainda a deputada Laura Carneiro (PMDB-RJ). Por Lara Haje, Assessoria de Comunicação da Câmara dos Deputados.

Audiência na Íntegra

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,9,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,Acidente,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,38,Afastamentos,1,Agência,23,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,1,Animais,2,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,4,APP,1,Apreensão,2,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,27,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,5,Audiência,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,7,Banco Postal,24,BB,1,Benefícios,9,Black Friday,4,BNY Mellon,5,Cachorro,1,CADE,7,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,1,Cartas,2,Carteira de Trabalho,1,Carteiro,11,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,2,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,1,Clipping,1501,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,314,Correios Celular,10,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,11,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,12,Despacho Postal,21,Destaque,922,Desvio,1,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM 2018,3,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,19,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,1,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,17,FEDERAÇÕES,446,FEDEX,1,FENTECT,305,Férias,1,FINDECT,195,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,40,G1,1,Geral,453,GOL,1,Gratificação de Função,1,Greenfield,10,Greve,25,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,232,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,4,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,4,Ministro,1,Motociclistas,5,MPF,16,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Rizoma,4,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Papai Noel dos Correios 2018,8,Paralização,3,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Paulo Guedes,2,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,2,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,2,Portaria,2,Postal Saúde,114,Postalis,375,Postalis Digital,1,PostalPrev,3,Praect,2,Premiação,1,Presidente,6,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,6,Primeira Hora,176,Privatização,14,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,2,Receita Federal,6,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,1,Restruturação,4,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde Bucal,1,Saúde da Mulher,5,Seguro de Vida,2,Selos,6,Série,7,Série Correios Saúde II,11,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,22,Sindecteb,31,Sindicato,779,Sintcom-PR,54,Sintect-AC,17,Sintect-AL,94,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,47,Sintect-GO,31,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,39,Sintect-MG,20,Sintect-MS,35,Sintect-MT,24,Sintect-PB,30,Sintect-PE,29,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,145,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,136,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,17,Taxa Emergencial,2,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,1,TCU,2,Tecnologia,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT3,1,TRT9,1,TSE,3,TST,22,União,2,UPU,2,USPOST,1,Vale Transporte,3,Vice-presidente,2,Vídeo,1012,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Contratação de vigilantes armados em bancos postais pode inviabilizar modelo, diz presidente dos Correios
Contratação de vigilantes armados em bancos postais pode inviabilizar modelo, diz presidente dos Correios
O presidente da ECT, Guilherme Campos, informou que 97% das unidades de banco postal, espalhadas em dois mil municípios, são deficitárias
https://1.bp.blogspot.com/-9QBOzJSLXn4/WilfHpTCuKI/AAAAAAAAKds/b_QBnDlLBzg48dOg9xVXczs7pkxHvMzQgCLcBGAs/s320/Guilherme%2BCampos.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-9QBOzJSLXn4/WilfHpTCuKI/AAAAAAAAKds/b_QBnDlLBzg48dOg9xVXczs7pkxHvMzQgCLcBGAs/s72-c/Guilherme%2BCampos.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/12/contratacao-de-vigilantes-armados-em.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/12/contratacao-de-vigilantes-armados-em.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar