Caiu a máscara - Kassab confirma que quer privatizar os Correios

E que o governo não vai injetar recursos para na empresa

Ele afirmou à imprensa que os Correios "poderão ser privatizados", se não derem lucro este ano. Disso ainda que vai cortar gastos além dos que já estão sendo cortados, ou vai encaminhar a privatização. E que o governo não vai injetar recursos para na empresa.

Sobre isso, o SINTECT-SP afirma:

-O presidente da empresa, e agora Kassab, têm insistido que os Correios estão em crise financeira para cortar gastos, eliminando direitos dos trabalhadores – e cada vez deixam mais claro que a verdadeira intenção é privatizar.

-Falam, mas não provam o que dizem, e os indícios são de que estão mentindo, assim como Temer mente sobre o déficit na Previdência para justificar sua proposta de reforma, que acaba com a
aposentadoria para os trabalhadores (mas preserva para militares e políticos).

-Assim como é necessário uma CPI da Previdência, para apurar a real situação, é preciso uma auditoria independente e até uma CPI para apurar a real situação financeira dos Correios e quem/o que a gerou, e por quê.

-Os Correios dão lucro, e muito, mas o governo confisca boa parte - até 2016 repassou R$ 6 bilhões à União, muito mais do que poderia e deixou a empresa sem recursos para se equilibrar financeiramente. Se existir dificuldade, esse é o principal fator.

-A empresa vem sendo mal administrada há tempos por políticos que criaram uma situação de desmonte nos Correios.

-Para isso, acabaram com os concursos e contratações, deixaram poucos funcionários, não investiram em inovações, não investiram em segurança para prevenir assaltos, eliminaram a entrega em algumas localidades dita “perigosas” e criaram a entrega alternada em outras.

-Essa situação se aprofundou na atual gestão, numa clara demonstração de que o plano do governo Temer, encaminhado por Kassab e Guilherme Campos, é diminuir o alcance dos Correios, deixar a população sem atendimento e descontente, para já abrir espaço no mercado para as multinacionais do setor – Isso já é privatização, se não da empresa, de parte do setor postal.

-Ao mesmo tempo, querem cortar gastos com mão de obra, retirando direitos como o convênio médico, para deixar a empresa enxuta e rentável, e então vende-la (privatiza-la), como afirmou Kassab. Sua fala foi também uma pressão sobre os trabalhadores, que não aceitam a retirada de direitos e estão se organizando para a luta.

-A afirmação de Kassab se deu no mesmo dia em que a Rede Globo apresentou uma extensa matéria dizendo que os Correios estão quebrados e deixando de atender a população, em consonância com o discurso do governo e do presidente da ECT.

-O jogo sujo para colocar a população a favor de vender o patrimônio do povo, acabando com mais um serviço social, é evidente. A matéria foi direcionada à ideia de que a empresa, na mão do governo, não tem jeito.

-É assim que age um governo a serviço dos grandes empresários e banqueiros, comandados pelos interesses dos Estados Unidos, com ajuda da mídia empresarial que o apoia.

-Quer criar oportunidades e facilidades para os empresários crescerem e enriquecerem cada dia mais, fazendo a população pagar mais caro por serviços essenciais que deveriam ser gratuitos, e acabando com direitos e empregos dos trabalhadores.

A resposta dos trabalhadores dos Correios é resistir com unidade e luta!

A Diretoria do Sindicato lembra a todos os companheiros e companheiras que estamos em estado de greve.

As Federações e Sindicatos da categoria definiram a unificação da luta nacional da categoria, em consonância com a luta nacional contra as reformas do governo Temer. Deste debate definiu um calendário de lutas que terá reuniões, plenárias e assembleias nas próximas semanas, além de um indicativo para uma greve geral da categoria à partir das 22 h do dia 26/04/2017!

A guerra está declarada. Vamos resistir e vencer essa batalha!

Além disso o SINTECT-SP reafirma a decisão tomada na grande assembleia do dia 14 de março, quando a categoria rejeitou a cobrança no convênio médico e aprovou a paralisação de 24 horas no dia 15, que envolveu mais de 8.000 ecetistas:

-Não aceitamos a cobrança de mensalidade no convênio médico em nenhuma hipótese;

-Exigimos a fim do DDA, do OAI, dos SDs maquiados e do fechamento de agências;

-Exigimos a implantação imediata da entrega matutina, a realização de concurso e a contratação de trabalhadores.

-Exigimos o retorno da gestão do convênio médico para o RH da ECT e melhorias e ampliação da rede conveniada e a volta dos ambulatórios.

-Que 10% do faturamento da ECT seja destinado às despesas com saúde de seus funcionários, para financiar a assistência médica e odontológica.

-Se a empresa encaminhar essa história da demissão motivada, vamos desencadear a maior luta da história da categoria em defesa dos nossos empregos e dos Correios!

Exigimos alternativas concretas para recuperar a empresa e torna-la forte, como:

-Investimento governamental na empresa, com devolução dos R$ 6 bilhões desviados indevidamente dos cofres dos Correios nos últimos;

-Investimento para solucionar o problema da violência e dos assaltos, para que a ECT volte a atender toda a população com qualidade, pare de gastar com indenizações por extravio e falta de entrega, e pare de abrir espaço para a concorrência;

-Fortalecimento da entrega de encomendas;

-Manutenção das agências e distribuição em todos os municípios do território nacional;

-Estudo e criação de novos negócios que fortaleçam a empresa, com participação dos trabalhadores;

-Contratação de trabalhadores para atender a demanda total.

Contra as privatizações! Nenhum direito a menos! Fora Temer, Kassab e o presidente dos Correios, Guilherme Campos! Por um Correio público e de qualidade!

Fonte: Sintect-SP

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,8,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,32,Afastamentos,1,Agência,5,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,3,Anistia,2,ANS,1,Aplicativo,1,Aposentados,4,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,17,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,1,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atestado,1,Atrasos,2,Auxílio-creche,1,Azul,5,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,CADE,5,Cães,1,Cajamar,1,Calote,1,Caminhão,1,Canal Descomplica,1,Cartas,2,Carteiro,3,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,1,CDD Polo,1,CGU,1,Chip Amarelinho,1,Clipping,1424,Concurso,2,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,1,Copa do Mundo 2018,1,Correios,266,Correios Celular,9,Correios Saúde II,3,Corte de Energia,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,2,DDA,6,Déficit,1,Despacho Postal,18,Destaque,866,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,Estadão Conteúdo,1,Estatais,6,Exclusiva,77,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,1,FEDERAÇÕES,438,FEDEX,1,FENTECT,300,FINDECT,190,Fiscalização,1,Fundos de Pensão,30,G1,1,Geral,417,GOL,1,Greve,20,Indicação,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,225,Insegurança,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Joint Venture,2,Jovem Aprendiz,2,Justa Causa,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Logística,1,Luta Unificada,34,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério do Planejamento,1,Motociclistas,5,MPF,8,MPT,1,MTE,1,OAI,1,Operação Rizoma,3,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Paternidade,1,Patrocínio,6,PCCS1995,2,Plano de Saúde,1,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,90,Postalis,354,PostalPrev,1,Praect,2,Prestador,1,Previc,2,Primeira Hora,175,Privatização,1,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Recadastramento,2,Receita Federal,3,Reclamações,3,Refém,2,Refis Postal,1,Renegociação,1,Roubo,1,Salários,1,Saúde da Mulher,1,Seguro de Vida,2,Selos,4,Série,7,Série Correios Saúde II,3,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,19,Sindecteb,29,Sindicato,755,Sintcom-PR,53,Sintect-AC,17,Sintect-AL,87,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,44,Sintect-GO,30,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,38,Sintect-MG,19,Sintect-MS,32,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,44,Sintect-RJ,141,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,129,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,3,TCU,1,Terceirização,2,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,1,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,20,União,2,Vale Transporte,2,Vídeo,981,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Caiu a máscara - Kassab confirma que quer privatizar os Correios
Caiu a máscara - Kassab confirma que quer privatizar os Correios
E que o governo não vai injetar recursos para na empresa
https://2.bp.blogspot.com/-nmRxYXv8GZ4/WN1-xGJxnkI/AAAAAAAAFgg/TyZCROinzV4HrGhgVicliGq-fz4uAFhYACLcB/s320/kassab_privatizar.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-nmRxYXv8GZ4/WN1-xGJxnkI/AAAAAAAAFgg/TyZCROinzV4HrGhgVicliGq-fz4uAFhYACLcB/s72-c/kassab_privatizar.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/03/caiu-mascara-kassab-confirma-que-quer.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/03/caiu-mascara-kassab-confirma-que-quer.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar