Privatização vai acelerar em 2020, diz Mattar

Hoje a União tem participação em 627 empresas. Em 2019, conseguiu sair de 67. No ano que vem, o governo quer deixar de estar em mais de 120 empresas

Salim Mattar: “É ético o governo não ter gaze no hospital mas ter R$ 100 bilhões em participações de empresas? Não seria melhor vender esses R$ 100 bilhões e fazer saneamento básico?” — Foto: Dênio Simões/Valor
O secretário especial de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que o processo de privatizações ganhará velocidade em 2020. Hoje a União tem participação em 627 empresas. Em 2019, conseguiu sair de 67. No ano que vem, o governo quer deixar de estar em mais de 120 empresas. Mas o número pode saltar para mais de 300 se sair a venda da Eletrobras e suas cerca de 210 subsidiárias. Ele acredita que o Congresso autorizará a privatização no primeiro quadrimestre do ano. Um dos maiores entusiastas do plano de redução do Estado defendido pelo governo, Mattar admite que o processo neste ano foi lento, reflexo da curva de aprendizado da atual equipe econômica e das amarras que o Estado impõe para dificultar a desestatização. Por isso, promete apresentar ao Congresso em fevereiro projeto que cria o chamado “fast track” (via rápida) das privatizações.

Na lista de metas a cumprir em 2020 está se desfazer de participação direta minoritária da União em 57 empresas. Até 2022, a ideia é que o BNDESPar deixe de participar de todas as empresas. Mas Mattar não se mostra otimista com o ritmo para venda dos Correios. Em entrevista ao Valor, Mattar ressaltou que tudo será feito de forma gradual e com muita cautela, principalmente no caso das participações do BNDESPar em empresas abertas. Ele frisou que Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Petrobras não serão vendidos no atual governo. Com a venda de participações pela BNDESPar, Mattar destacou que o banco vai pagar pelo menos R$ 100 bilhões para o Tesouro Nacional em 2020. Esse dinheiro será utilizado para abater dívida, o que, espera, resultará em menos gastos com juros e mais destinação de recursos para áreas prioritárias: segurança, saúde e educação.

Defendeu que a pauta de costumes mais conservadoras não atrapalha o avanço da agenda econômica mais liberal pois andam de formas separadas no Congresso. Mattar disse já se sentir à vontade em Brasília e mora com a família em uma casa no Lago Sul. Ressaltou que não tem pretensões políticas e que essa experiência no governo será a primeira e última. Leia os principais trechos da entrevista:

Valor: Como foi este ano na sua área de redução do Estado, que carrega a marca do governo?

Salim Mattar: Primeiro, queria dizer que estão diante de um ser estranho na Esplanada. Quando os empresários vêm para o governo, normalmente é para o Legislativo. Empresário vir com a minha posição, como um secretário de Estado para cuidar de um objeto específico, no caso desestatização, não é uma coisa muito normal. Não tenho pretensão de vida política. Em governo, eu diria que essa experiência com o ministro Paulo Guedes deve ser minha primeira e última. Vi chance de ser feito um bom governo conservador liberal. Pela primeira vez no Brasil teria uma associação de conservadores com liberais no governo.

Valor: Qual a principal diferença entre atuar no serviço público e iniciativa privada?

Mattar: O governo é gigantesco e, por isso, moroso. Essa lentidão é contrapartida oposta ao que acontece na iniciativa privada. A tomada de decisão privada é muito mais rápida. Mas entende-se que no governo as coisas têm que ser mais cuidadosas. Essa lentidão faz parte do processo de governos. Não é uma coisa do governo brasileiro.

Valor: Essa agenda liberal está avançando a contento?

Mattar: Está avançando a contento. A reforma da Previdência mostrou profundidade e essa agenda pode ser explicitada no risco Brasil, na bolsa, no dólar, na confiança na economia, no PIB, na taxa de juros. Eu acredito certamente que nos quatro anos de governo Bolsonaro/Guedes a economia vai ter uma grande retomada. O presidente Bolsonaro será reconhecido como estadista ao longo de seu governo devido à essa recuperação de uma economia absolutamente esfrangalhada e uma tônica dos costumes em que, temos que entender, 57,7 milhões de brasileiros deram a ele esse mandato.

Valor: O sr. não acha que essa pauta conservadora gera conflito e reforça a lentidão na agenda liberal?

Mattar: Não. Andam separados. Em todos os países, as pautas mais conflituosas para a sociedade são as conservadoras. Isso é normal em qualquer país. "A nossa democracia é madura, plena, e nós estamos vendo isso na implementação de uma pauta conservadora nos costumes e liberal na economia. É ridículo dizer que a democracia estava em risco. Estamos assistindo à implementação de uma pauta conservadora nos costumes e liberal na economia” 

Valor: Qual o balanço da sua secretaria?

Mattar: Encontramos 694 empresas que são de controle direto da União, ou seja, estatal, ou subsidiárias das estatais ou coligadas. A Petrobras tem 56 subsidiárias e 78 coligadas. A BNDESPar tinha participação em 40 empresas de capital aberto e em 72 de capital fechado. Das 40 de participação, ela já vendeu algumas. Tem ainda umas 30 participações. Em outubro de 2018, em Belo Horizonte, antes do segundo turno em um hospital público grande, inaugurado recentemente, não tinha gaze para cirurgia. Naquele momento que não tinha gaze, a BNDESPar tinha mais de R$ 100 bilhões de participação em boas empresas. Eu pergunto para vocês? É ético o governo não ter gaze no hospital, mas ter R$ 100 bilhões em participações de empresas? Não seria melhor vender esses R$ 100 bilhões e fazer saneamento básico nas periferias de bairros de cidades pequenas? Nos últimos dez anos, o governo colocou R$ 160 bilhões em estatais dependentes, aquelas que não param de pé e precisa de subvenção anual. Mais R$ 30 bilhões em empresas que são superavitárias, mas que precisam de caixa para continuar investindo. São R$ 190 bilhões. Não seria muito melhor o governo investir em saúde, educação e segurança que ter um fundo de aplicação em ações?

Valor: O que fazer para acelerar as privatizações?

Mattar: Estou surpreso com o apoio dos órgãos de controles à privatização. O apoio de CGU [Controladoria-Geral da União] e TCU à privatização. O TCU está querendo criar uma célula especifica para nos ajudar a acelerar o processo na hora que receber nossas demandas. Temos o apoio do TCU e do Congresso. Inúmeros senadores e deputados com quem já estive apoiam essa pauta e reconhecem que 694 empresas é inadmissível. Temos investimentos inclusive em empresas de palha de aço e de detergente. Eu pergunto: o que leva governo brasileiro a ter participação numa empresa de detergente e palha de aço? Ou seja, nós nos perdemos.

Valor: O governo está tendo dificuldades para privatizar a Eletrobras no Congresso....

Mattar: Quem falava ali era o Senado. O Maia [presidente da Câmara, Rodrigo Maia] está muito mais otimista. Nós estamos numa democracia. Eles [Senado] estão dando um recado. Não quero entrar muito na pauta política porque meu negócio é mais desestatização.

Valor: Mas qual é o recado?

Mattar: Acho que o Senado quer ser mais ouvido. Mas anotem aí: a Câmara dos Deputados e o Senado vão aprovar a capitalização da Eletrobras. O Parlamento demonstrou na reforma da Previdência que tem sensatez, responsabilidade e está sensível aos grandes temas brasileiros e reconhece a pauta que elegeu o Bolsonaro.

Valor: Quando deve ser aprovada? Ainda em 2020?

Mattar: Sim em 2020. Posso arriscar que isso deve acontecer, possivelmente, no primeiro quadrimestre. Estou muito confiante. A Eletrobras precisa de R$ 14 bilhões por ano, nos próximos cinco anos, para manter o market share dela. Ela consegue ter R$ 3 bilhões, então precisaria de R$ 11 bilhões do governo por ano. Não faz sentido. Nós precisamos fazer mais saneamento básico, precisamos de mais segurança.

Valor: O governo está negociando alguma coisa para convencer a bancada do Nordeste?

Mattar: Temos que entender que o Congresso é soberano. Eles podem aprovar uma lei para direcionar os recursos para o Norte e Nordeste ou seja lá para onde for.

Valor: Qual a orientação para o BNDESPar? Zerar a participação em empresas?

Mattar: Temos hoje carteira no BNDESPar de R$ 110 bilhões, a maioria das empresas é listada. Certos comentários eu não posso fazer. Não está nos planos desse governo manter um hedge fund ou manter carteira de investimento robusta como temos hoje. Temos que ser cuidadosos nesses desinvestimentos. Será feito de forma cuidadosa e gradual. Vender participações da BNDESPar é o mais fácil ativo a ser desestatizado. Os Correios vão demorar muito tempo.

Valor: Dá para dizer que o BNDESPar vai zerar sua carteira ao longo do governo Bolsonaro?

Mattar: Vai zerar ao longo do governo Bolsonaro. Esses R$ 110 bilhões até o fim do governo serão zerados, e os recursos serão usados para reduzir dívida. Se reduzo dívida, pago menos juros e sobra mais dinheiro para investir. Com a venda de ativos, o BNDES por exemplo, poderá devolver ao governo em IHCD [Instrumento Híbrido de Capital e Dívida]. Já devolveu este ano R$ 123,5 bilhões de empréstimos.

Valor: Quanto o BNDES devolverá ao Tesouro no ano que vem?

Mattar: No ano que vem, no mínimo, R$ 100 bilhões. Nós desalavancamos o banco público. Ele fica mais cuidadoso nos investimentos, devolve dinheiro e nós reduzimos a dívida.

Valor: O presidente Bolsonaro concorda com a agenda de redução do Estado, mas se mostrou contra a privatização de Caixa e Banco do Brasil. Recentemente saiu notícia de que o BB seria privatizado. O sr. tem esperança de convencer o presidente a vender essas empresas?

Mattar: Eu tenho muito trabalho. Eu tenho 627 empresas. Tenho três anos pela frente. Conseguimos diminuir só 67. Nestes três próximos anos, não haverá privatização de Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Petrobras. Não vou tentar [convencer o presidente].

Valor: Dá para reduzir para quanto a quantidade de empresas?

Mattar: Não faz sentido ter essa quantidade de empresas. "Esse governo está sendo zeloso. Então a União ter ações de Unibanco, Light, Santander, não faz sentido. Ter ação da Vivo? Os governos anteriores se perderam na quantidade. O número de empresas será reduzido substancialmente. Não devo falar sobre Petrobras, Banco do Brasil, que são empresas listadas. Estamos estimulando vender subsidiárias. Fechamos a CorreiosPar. Valor: Existe uma meta de vendas para 2020? Mattar: No mínimo, vamos dobrar esse número [de 67 empresas vendidas em 2019]. No governo PT foram criadas 90 estatais. No primeiro ano, nós reduzimos 2/3 das empresas que o PT criou. Isso é geométrico. Se vender no ano que vem a Eletrobras, que tem 210 empresas, já baixa 210. Até o fim do governo Bolsonaro, todas as empresas da BNDESPar serão vendidas. As participações da União queremos fazer em 2020. O Parlamento demonstrou na reforma da Previdência que tem sensatez, responsabilidade e é sensível aos grandes temas” 

Valor: Vender as 57 participações minoritárias da União em 2020?

Mattar: Algumas vamos ter dificuldades em vender por problemas de justiça. Mas vamos vender quase todas. Essas empresas valem hoje cerca de R$ 2,5 bilhões

Valor: Como vai fazer com as empresas de capital fechado, principalmente da BNDESPar?

Mattar: Você colocou o dedo na ferida. A negociação é um a um. Tem muita coisa malfeita que vamos ter que ver.

Valor: O governo chegou bem audacioso, falando em R$ 1 trilhão em privatização. O sr. acha que foi um erro de discurso?

Mattar: Não foi R$ 1 trilhão de privatização. Deu um ruído de informação. Quando cheguei aqui, nossas estatais valiam R$ 1 trilhão. Nós vendemos um tanto. Então devem valer agora uns R$ 900 bilhões. Algumas não serão vendidas durante este governo.

Valor: O ministro Guedes disse recentemente que seria anunciada uma privatização de R$ 250 bilhões. Qual é a empresa?

Mattar: Dentro do nosso portfólio de empresas, estamos descobrindo coisas. O ministro disse que tem empresa que pode valer R$ 250 bilhões. O fato é que tem que ser feito algum arcabouço jurídico para que isso possa acontecer. Isso ainda está em gestação dentro do ministério e eu não posso adiantar nada. Não posso dizer quem é.

Valor: E o cenário para privatização dos Correios? Já saiu o pedido para os estudos da modelagem...

Mattar: Os Correios vão ser privatizados por orientação do presidente. Porém, estão no PPI [Programa de Parceiras de Investimentos] para fazer “estudos”. Isso não significa privatização dos Correios. Se fosse para ser privatizado, estaria no PND [Plano Nacional de Desestatização]. Nós só temos certeza que vai ser privatizado quando entrar no PND. Se não estiver, está em conversa. Poderá ser ou não. Os Correios são uma empresa do ministério setorial de telecomunicações. As cinco do ministério da Economia estão no PND.

Valor: E a Emgea e a Casa da Moeda? Há interessados?

Mattar: A Emgea está prevista para ser privatizada no mês de julho, e a Casa da Moeda, em dezembro de 2020. Há interessados do Brasil e de fora. Mas não posso falar quem. Imagina uma Casa do Moeda do Brasil que pode produzir passaporte para todos os países da região. Poucos países têm casa da moeda.

Valor: Como está o fast-track? O projeto não foi enviado ainda..

Mattar: Inundamos o Congresso Nacional [com envio de projetos]. Então nós vamos mandar isso em fevereiro. Não posso adiantar. O que é o fast-track? É uma forma de vender mais rápido essas empresas. É um arcabouço jurídico de forma a facilitar a venda de empresa e não gastar tanto tempo como gastamos no passado. Nós queremos um formato que, em vez de gastar 2,5 anos, vamos diminuir esse prazo. O projeto já está pronto. A redução [de tempo para privatização] será substancial. Queremos reduzir pela metade.

Valor: Tem alguma coisa neste ano que o senhor faria diferente?

Mattar: Foi um ano de aprendizado para nós que viemos de fora. Em 2020, todos os nossos projetos serão acelerados porque agora temos um melhor conhecimento do funcionamento do governo. Nós ficamos focados na reforma da Previdência até agosto. Não faria nada de diferente. Nós seremos mais ágeis pela curva do aprendizado. O que fizemos foi certinho.

Valor: Foi noticiado recentemente alguns ataques à área do sr. e que o presidente teria cobrado as privatizações. Isso aconteceu?

Mattar: Por isso temos o fast-track. No governo FHC gastaram-se 30 meses para poder vender cada empresa. Teve empresa que gastou seis anos. E em nosso governo já estamos com 20 meses para vender. Então detectamos que há um problema de lentidão do atual processo que vai pelo PPI, PND e BNDES. O fast-track vai acelerar. Valor: Pretendem acabar com o FI-FGTS [braço financeiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço]? Mattar: Somente duas empresas deram lucro. As outras, prejuízo. Ainda não discutimos o que vai acontecer. É discussão para o próximo ano. Mas, o mecanismo FI-FGTS mostrou-se economicamente inviável, contraproducente e oneroso para o cidadão.

Valor: Não teme que com tamanha redução do Estado o Brasil fique sem braço para enfrentar momentos de crise e dificuldades?

Mattar: Para enfrentar dificuldades, é preciso ter caixa e situação de país boa com CDS, inflação, juros baixos, confiança, PIB crescendo entre 2,5% e 3% no ano que vem, entre 3% e 3,5% em 2021 ou até 4% em 2022. Valor: Quando o país pode recuperar o investment grade? Mattar: É possível no final de 2020. As agências estão cautelosas, mas a economia brasileira vai bombar em 2020. Estou sendo otimista? Talvez pelo crescimento da economia. Estou esperando 2,5% a 3% ano que vem. Em 2021, espero crescimento acima de 3%. Por Fabio Graner e Edna Simão, Valor.

COMENTÁRIOS

Nome

AACB,4,AADC,27,AAG,1,AAT,1,ABAICT,2,Abaixo-assinado,9,ABComm,3,Abertura de Capital,7,Abono Pecuniário,4,Abrapp,6,AC Caieiras,1,AC Central,1,AC Parelheiros,1,AC São José,1,AC Tabuleiro,1,AC Tietê,1,Ação FGTS,1,Ação INSS,1,Ação Social,2,Acessibilidade,1,Acidente,15,Acidente de Trabalho,2,Ações Trabalhistas,1,Acordo Coletivo,24,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ACT 2019/2020,184,ADCAP,147,Adicional Noturno,1,Afastamentos,4,Agência,88,Agências Marketing,2,Agências Modulares,7,Aglomeração,1,Agradecimentos,1,Agressão,7,AGU,3,Água,1,ALAC,1,ALBA,2,ALEPA,1,ALEPI,2,ALERJ,1,ALESP,2,Alibaba,1,ALMG,7,ALMT,1,Aluguel,1,Alunos,1,Amazon,3,Ambulatório,5,ANAC,2,ANAPAR,2,ANATECT,8,ANATEL,5,Animais,14,Anistia,5,ANS,15,ANVISA,3,Aplicativo,2,Aposentadoria Invalidez,1,Aposentados,34,APP,1,Apreensão,20,Ar Condicionado,7,AR Eletrônico,1,ARACT-SP,3,Área de Risco,5,Arrombamento,8,Artigo Correios,3,Assaltos,82,Assédio,3,Assédio Moral,8,Assembleia,9,Assessores Especiais,9,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,4,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,2,Atestado,1,Atividade Noturna,1,Atleta,2,Atrasos,13,Atropelamento,3,Atualização Cadastral,1,Audiência Pública,82,Auditoria,6,Autoatendimento,7,Autodeclaração,3,Auxiliar de Enfermagem,3,Auxílio Doença,3,Auxílio Emergencial,9,Auxílio-babá,1,Auxílio-creche,2,Azul,16,Bala Perdida,1,Balanço,4,Balcão do Cidadão,19,Banco Postal,37,Banco24Horas,3,Baterias,2,BB,8,BDO Brasil,1,Benchmarking,1,Benefícios,13,Bicicleta,2,Black Friday,12,Bloqueio,1,BNB,2,BNDES,4,BNY Mellon,25,Boca no Trombone,7,Boletim das Estatais,3,Boleto,34,Cachorro,4,CADE,17,Cães,1,Caixa Inteligente,2,Caixa Postal,1,Caixa Postal Comunitária,3,Cajamar,2,Calendário,1,Calote,2,Câmara de Conciliação,1,Caminhada,1,Caminhão,3,Caminhões,1,Campanha Salarial,158,Canal Denúncia,1,Canal Descomplica,1,Cancelamento,1,Capitalizar,1,Cargos,1,Carlos Fortner,5,Carnaval,1,Cartas,4,Carteira de Trabalho,5,Carteiro,90,Carteiro Comunitário,1,Carteiro Motorizado,2,Carteiro Poeta,1,Casamento,1,CAT,2,CBDA,7,CBHb,3,CBS,1,CBT,1,CCT,3,CDD Além Ponte,2,CDD Alphaville,1,CDD Antonina,1,CDD Assunção,1,CDD Barra,1,CDD Barro Duro,2,CDD Botafogo,1,CDD Brasilândia,3,CDD Cabo Frio,1,CDD Campo Grande,2,CDD Capão Redondo,6,CDD Capela do Socorro,4,CDD Carlos Olímpio,5,CDD Catalão,1,CDD Colombo,1,CDD Copacabana,1,CDD Curicica,3,CDD Del Castilho,1,CDD do Bosque,1,CDD Embu,3,CDD Freguesia,1,CDD Goiânia,1,CDD Guaianazes,1,CDD Icaraí,1,CDD Ipanema,1,CDD Irajá,1,CDD Itaim Paulista,1,CDD Itapecerica,4,CDD Jabaquara,1,CDD Jaguaré,1,CDD Jardim Odete,1,CDD Jardim Paulista,2,CDD João Vieira,1,CDD Liberdade,1,CDD Madureira,1,CDD Morumbi,1,CDD Oeste,1,CDD Parelheiros,2,CDD Parque Cocaia,5,CDD Parque São Vicente,1,CDD Pato Branco,1,CDD Polo,1,CDD Ponta Porã,1,CDD Praça do Gado,1,CDD Registro,2,CDD Rio Pequeno,1,CDD Santa Mena,1,CDD Santo Antônio,1,CDD São Braz,1,CDD São Mateus,2,CDD São Torquato,1,CDD Taboão da Serra,2,CDD Tanque,1,CDD Taquara,2,CDD União da Vitória,1,CDD Vila das Belezas,1,CDD Vila Maria,1,CDD Vilar dos Teles,1,CDH,19,CDHM,1,CEE Bangu,1,CEE Barueri,1,CEE Esmeralda,1,CEE Jacarepaguá,2,CEE Laranjeiras,1,CEE Piracicaba,2,CEE Santo Amaro,1,CEE São Cristóvão,1,CEGEP,2,Central Braille,1,Central de Atendimento,3,CEP,2,Certificação,1,CGPAR,9,CGR,1,CGU,4,Chip Amarelinho,7,Chuvas,2,Cinesioterapia Laboral,1,CLI Benfica,1,Clipping,2348,CMN,1,CNPC,1,Coabitação,24,Cobertura,1,Cobrança Mensalidade,1,Coleta Gratuita,1,Comércio Eletrônico,3,Comércio Virtual,1,Comissão Acidente de Trânsito,2,Comitê,1,Compra Fora,5,Comprovante de Rendimentos,9,Comunicado,59,Concurso,25,Condições de Trabalho,137,Congresso,7,CONREP,5,Conselho de Administração,4,Conselho Deliberativo,8,Conselho Fiscal,2,Consin,3,Constituição,1,Contaminação,33,Contas Públicas,1,CONTECT,1,Contra Privatização,176,Contrabando,2,Contracheque,1,Contrato de Trabalho,1,Contribuição Extraordinária,7,Contribuição Sindical,1,Convocação,3,Copa do Mundo 2018,1,Correios,100,Correios Aqui,10,Correios Celular,16,Correios Log+,2,Correios Notícias,8,Correios Packet,2,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,16,CorreiosPar,6,Correspondências,2,Corrupção,1,Corte de Energia,1,Cortes de Despesas,4,Cosit,2,COVID19,259,COVISA,2,CPF,4,Credenciamento,1,Crediamigo,1,Crédito Salário,1,Crescimento,1,Cronograma de Empréstimos,18,CSP Conlutas,1,CTASP,2,CTB,1,CTC Jaguaré,2,CTC Moóca,1,CTC Santo Amaro,2,CTC Santo André,1,CTCE,1,CTCE Belém,2,CTCE Contagem,1,CTCE Santos,2,CTCE São José,1,CTCE Vila Maria,2,CTE Benfica,1,CTO,1,CTO Rio de Janeiro,1,Custos,2,CUT,1,CVM,13,Dano Material,1,Dano Moral,12,Data Comemorativa,18,DDA,25,De Brasil a gente entende,2,Déficit,1,Demissão,21,Demissão Acordada,1,Demissão Motivada,16,Dengue,1,Depoimento,1,Deputado,1,Desconto Assistencial,1,Desconto Greve,10,Descredenciamento,2,Desestatização,6,Desinfecção,34,Despacho Postal,22,Despedida,1,Despesas com Pessoal,1,Destaque,1153,Desvio,7,Desvio de Função,1,DHL,2,Dia do Carteiro,12,Diárias,2,Diário Oficial,1,DIEESE,2,Diferencial de Mercado,3,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Diretorias,6,DIRF,1,Distritos,2,DNI,2,Documentos Perdidos,4,Domingo,1,DPVAT,1,Drive-Thru,1,Drogas,5,e-Carta,2,e-Carta Fácil,1,e-commerce,6,e-fulfillment,1,Edison Lobão,1,Editorial,2,Eleições,25,Email,1,Empréstimos,7,Enceja,1,Encomendas Internacionais,9,Encontro de Mulheres,1,ENEM,8,Enfermeiro do Trabalho,1,Entrega Correspondências,3,Entrega Digital,1,Entrega Encomendas,4,Entrega Interativa,3,Entrega Matutina,8,Entrega no Vizinho,2,Entreposto,1,EPIs,97,Ernesto Araújo,1,Esclarecimento,8,Escolta,2,ESMEC,1,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,25,Estatais,93,Estatais Estratégicas,1,Estatuto Social,8,Estrutura Organizacional,1,Eventos,1,Exames Periódicos,2,Exclusão Pai/M/ãe,34,Exclusiva,88,Extinção,1,Extrato,3,Extravio,2,FAACO,10,Fabio Faria,3,Fake News,6,Falecimento,1,Falsificação,1,Falta Estrutura,1,FATCA,1,Fechamento,55,FEDERAÇÕES,635,FEDEX,1,FENTECT,432,Feriados,3,Férias,5,Fernando de Noronha,1,Ficha Financeira,3,Filho Especial,1,Filiação Partidária,1,Filiais,1,FINDECT,331,Fiscalização,2,Floriano Peixoto,52,FNDE,1,Fogo Veículo,1,Folga,1,Folha de Benefícios,1,Folha de Pagamento,1,Força-Tarefa,2,Franqueadas,2,Fraude,12,Frente Parlamentar,32,Frete,1,Frota,1,Funcionamento,1,Funções,1,Fundos de Pensão,79,Furto,3,FUSP,1,G1,1,Geap,2,GEDIS,3,GERAE,23,Geral,819,Gestão de Riscos,1,Gilberto Kassab,6,GOL,1,Golden Share,1,Golpe,2,Google,1,Gratificação de Função,3,Greenfield,40,Greve,139,Greve Ambiental,2,Greve Branca,1,Grupo de Risco,2,Guarita,1,Histórias,13,Horas Extra,5,Ibama,2,Importa Fácil,1,Incêndio,10,Inclusão Dependentes,2,Incorporação de Função,5,Indenização,5,Indicação,1,Indicação Política,3,Infectados,11,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,330,Insegurança,9,INSS,7,Insumos,1,Interdição,8,Internações,2,INTERSINDICAL,1,Intervenção,20,Invasão,1,Investimento,2,IPO,2,IRRF,10,Jair Bolsonaro,80,JF,1,JMJ,2,Joint Venture,13,Jornada Trabalho Reduzida,3,Jovem Aprendiz,9,Jurídico,1,Justa Causa,4,Kassab,6,Lançamento,1,LATAM,5,Lei das Estatais,3,Lei Rouanet,1,Leilão,7,Leitura,1,Licença-Paternidade,2,Licenças,2,Licitação,6,Liminar,22,Limpeza,1,Liquidação,1,Live,1,Livre Escolha,2,Livros Didáticos,1,Lockers,3,LOEC,2,Log Farma,1,Logi Supri,2,Logística,8,Logística Pluvial,1,logística Reversa,1,Lojas Virtuais,1,LTR,1,Lucro,11,Luta Unificada,34,Malware,1,Manifestação,2,Manpoc,1,Manuais,2,Manutenção,1,Maquinas de Triagem,1,Marcos César,35,Marcos Pontes,29,Mato Grosso,1,MC,2,MCTIC,14,Mediação,7,Medicamentos,1,Médico do Trabalho,4,Medidas Preventivas,1,Meio Ambiente,1,Mensagem Final de Ano,1,Mensalidade,25,Mercado Livre,4,Mesa de Negociação,17,Metas,1,Milton Lyra,2,Minas Gerais,3,Ministério da Economia,7,Ministério da Fazenda,1,Ministério da Saúde,3,Ministério das Comunicações,1,Ministério do Planejamento,10,Ministério do Trabalho,1,Ministro,1,MMFDH,3,Monopólio,13,Morto,3,Motociclistas,6,Mourão,3,MP 873/2019,2,MPE,1,MPF,53,MPT,20,MTE,2,Multas,1,multiatendimento financeiro,1,Navio,1,Negativa de Autorização,1,NIPs,2,Nota de Repúdio,1,Novo Diretor,7,OAI,1,Obesidade,1,OBMEP,1,Obras,1,OJ247,17,OMS,9,Operação Grand Bazaar,1,Operação Pausare,4,Operação Recomeço,3,Operação Rizoma,8,Operador de Empilhadeira,1,Operador Logístico,1,Operadora São Francisco,2,Opinião,2,Opinião Ecetista,2,Orlando Silva,1,OTT,9,Outdoors,1,Outubro Rosa,1,Ouvidoria,4,PADs,1,Pagamento,1,Pagamento Abono,4,Palocci,3,Panorama das Estatais,1,Papai Noel dos Correios 2018,13,Papai Noel dos Correios 2019,7,Paralisação,14,Parcelamento,1,Parceria,9,Parecer,1,Passe Livre,1,Paternidade,1,Patrocínios,21,Paulo Guedes,61,Paulo Paim,5,PBM,2,PCCS1995,6,PCCS2008,1,PDI,4,PDV,36,PEC,4,Peculato,2,Pensionistas,2,Percorrida,3,Periculosidade,2,Perseguição,7,Pesquisa,7,PGR,4,Plano BD,29,Plano de Custeio,1,Plano de Saúde,60,Plano Família,18,Plantão Negociação 2018/2019,19,Plantão Negociação 2019/2020,12,Plenária,3,PLP 268/2016,1,PLR,1,PND,22,PNLD,1,Podcast,2,Polícia Federal,43,Políticas de Investimento,1,Portabilidade,2,Portaria,6,Posse,4,Postal Saúde,312,Postalis,567,Postalis Digital,5,PostalPrev,24,PPI,75,PPP,2,Praect,2,Premiação,11,Presidente,53,Prestador,2,Prestador Suspenso,2,Previc,37,PRF,1,Primeira Escolha,1,Primeira Hora,179,Privatização,223,Processo,22,Processo Seletivo,2,Procon,3,Professor Igor Venceslau,4,Professora,1,Programa Aproxime,1,Programa de Integridade,1,Projeto de Lei,23,Promoções Horizontais,4,Promoções Verticais,1,Protesto,3,Quadro de Funcionários,6,Qualidade,1,Quarentena,1,Quitação Eleitoral,1,Racionalização,2,RAI,1,Reabilitação,3,Readequação,23,Reajuste,4,Reajuste de Tarifas,6,REAT,2,reca,1,Recadastramento,15,Receita Federal,29,Reclamações,7,Reclame Aqui,1,Redação,7,Rede Corporativa,2,Rede GIRC,1,Rede Vírus,3,Redução da Jornada,1,Reembolso,2,Reenquadramento,3,Reestruturação,7,Refém,5,Reféns,4,Refis Postal,2,Reforma da Previdência,5,Reforma Trabalhista,7,Registrados,1,Reintegração,2,Relatório de Administração,1,Renan Calheiros,1,Renegociação,2,Renovação Frota,3,Rentabilidade,6,REP,3,Reprecificação,1,Ressarcimento,1,Restrições,1,Restruturação,8,Resultados Operacionais,3,Reunião Presidente,1,RFID,1,Rodrigo Maia,6,Rombo,1,Roubo,35,RTSA,5,Rua Legal,1,Sala de Imprensa,468,Salários,2,Salim Mattar,45,Saque,1,Saúde Bucal,2,Saúde da Mulher,8,Saúde em Dia,4,SD,5,Segunda Via,1,Seguradora,1,Segurança do Trabalho,1,Seguro de Vida,7,SEI,1,Selos,21,Semana do Brasil,1,SENAI,1,Sequestro,9,SERASA,2,Série,7,Série Correios,1,Série Correios Saúde II,11,Serviços Digitais,1,Serviços Postais,2,SEST,6,Sincort-PA,12,Sincotelba,32,Sindecteb,37,Sindicato,994,Sintcom-PR,69,Sintect-AC,30,Sintect-AL,131,Sintect-AM,5,Sintect-AP,13,Sintect-CAS,13,Sintect-CE,16,Sintect-DF,71,Sintect-ES,53,Sintect-GO,54,Sintect-JFA,5,Sintect-MA,51,Sintect-MG,27,Sintect-MS,43,Sintect-MT,42,Sintect-PB,35,Sintect-PE,34,Sintect-PI,55,Sintect-RJ,218,Sintect-RN,19,Sintect-RO,9,Sintect-RPO,19,Sintect-RR,1,Sintect-RS,66,Sintect-SC,30,Sintect-SE,16,Sintect-SJO,3,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,268,Sintect-STS,15,Sintect-TO,16,Sintect-URA,16,Sintect-VP,11,smartphones,4,SMS,1,SNCT,2,Social,2,SOFT,1,Solidariedade,3,SQUASH,1,STF,82,STJ,3,Superintendente,2,SUS,1,Suspensão Entregas,1,Suspensão Serviço,4,TACs,6,Taxa Emergencial,2,Taxa Extra,5,Taxa Homologação Importados,5,TCU,16,Tecban,1,Tecnologia,1,Tele Sena,2,Teleatendimento,3,Teleconsulta,1,Terceirização,11,Terceirizados,1,Termo Aditivo,1,Termo Recusa,1,Tesouro Nacional,1,Teto Salarial,1,TFD,1,TJCE,1,Todos Pelos Correios,16,Top of Mind,3,Trabalho Remoto,35,Tragédia,1,Transferência,4,Transportadora,1,TRF,10,TRT,73,TSE,3,TST,199,UBER,2,UD Juquitiba,4,UNI,2,União,2,Unidas,2,Uniforme,1,Universitários,5,UPAEP,1,UPS,2,UPU,10,URP,1,USPOST,1,Vale Alimentação,7,Vale Extra,4,Vale Refeição,2,Vale Transporte,4,Venda Imóveis,8,Vice-presidente,9,Vídeo,1253,Vigilância Sanitária,1,Violência,1,Vírus,2,Visa,4,Viver os Valores,2,webchat,1,Whatsapp,2,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Privatização vai acelerar em 2020, diz Mattar
Privatização vai acelerar em 2020, diz Mattar
Hoje a União tem participação em 627 empresas. Em 2019, conseguiu sair de 67. No ano que vem, o governo quer deixar de estar em mais de 120 empresas
https://1.bp.blogspot.com/-NQgbiUekXXA/XfycnKwVvbI/AAAAAAAAWXo/Hlpv-CxnuXw_yStF5RnAWhW79-qHvJL_ACLcBGAsYHQ/s320/Salim%2BMattar.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-NQgbiUekXXA/XfycnKwVvbI/AAAAAAAAWXo/Hlpv-CxnuXw_yStF5RnAWhW79-qHvJL_ACLcBGAsYHQ/s72-c/Salim%2BMattar.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2019/12/privatizacao-vai-acelerar-em-2020-diz.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2019/12/privatizacao-vai-acelerar-em-2020-diz.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar