Anatel diz que brasileiros não podem importar celulares da China

Em nota, a agência destacou que a importação de equipamentos emissores de radiofrequência para uso do público, como smartphones e notebooks, não podem ser importados via Correios e nem por consumidores finais

Há anos os brasileiros recorrem a lojas chinesas para a aquisição de diversos produtos, incluindo smartphones, pulseiras fitness e até notebooks. Em nota publicada em seu site, a Anatel esclareceu que esse tipo de importação, via Correios e por consumidores finais, é proibido.

A nota da Anatel informa que a agência passou a fiscalizar a segurança e qualidade de produtos importados. De acordo com a Lei Geral de Telecomunicações (Lei n.º 9.472/97), “é proibida a utilização de equipamentos emissores de radiofrequência sem certificação expedida pela Anatel”, diz o texto. Na prática, isso quer dizer que todo equipamento que emite radiofrequência, como smartphones (Wi-Fi, Bluetooth e 3G/4G) precisa passar por uma bateria de testes (certificação) e ter a documentação reconhecida pela Anatel (homologação).

Secundino Lemos, que atua na área de Certificação e Numeração da Anatel, explica: “O processo objetiva conferir ao produto comercializado no Brasil condições mínimas de operação na rede brasileira e de segurança e qualidade ao consumidor nacional”.

A Receita Federal tem um convênio com os Correios para analisar, no centro de triagem, todos os aparelhos que chegam do exterior. O objetivo é garantir o recolhimento de impostos e cumprir outros requisitos, como a homologação de equipamentos emissores de radiofrequência pela Anatel.

Na nota, a Anatel destaca que “a importação de produtos de telecomunicações por consumidores por meio dos Correios é proibida no Brasil”. Ao consumidor brasileiro é permitido apenas trazer equipamentos em mãos ao voltar de viagens internacionais. Continua a nota: “O consumidor pode trazer um equipamento em mãos ao voltar de viagens internacionais, mas não pode encomendar tais produtos do exterior por correspondência”.

Caso o consumidor volte de viagem com um produto para uso próprio que não esteja homologado pela Anatel, é cobrada uma taxa de R$ 200. Já para fins comerciais, a taxa é de R$ 500. Os valores são destinados ao Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel).

Três categorias

A Anatel explica, ainda, que os equipamentos de telecomunicações são divididos em três categorias.

Na categoria I estão os “equipamentos terminais destinados ao uso do público”, como smartphones, baterias para celular e cabos para uso residencial.

Na categoria II estão os que não se encaixam na definição da categoria anterior, mas que “fazem uso do espectro radioelétrico para transmissão de sinais”. Exemplos: equipamentos com interfaces Wi-Fi, Bluetooth e drones.

Por fim, a categoria III engloba equipamentos e produtos que não se enquadram nas duas anteriores e cuja regulamentação “seja necessária à garantia da interoperabilidade e confiabilidade das redes ou garantia da compatibilidade eletromagnética e da segurança elétrica”. Seriam os equipamentos e materiais usados nas redes das operadoras, por exemplo.

Apenas os equipamentos da categoria II podem ser homologados por meio da chamada “Declaração de Conformidade”, um instrumento oferecido pela Anatel para facilitar o procedimento. Nele, o interessado apresenta uma certificação estrangeira em substituição aos testes nacionais. A declaração deve ser adquirida no país de origem ou o consumidor pode declarar que o produto destinado a uso próprio está em conformidade com as regras da Anatel.

“Os equipamentos das outras duas categorias não podem ser submetidos a esse procedimento. Eles necessariamente precisam ser certificados e homologados pela Anatel”, afirma a agência. As informações são da Gazeta do Povo.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,10,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,Ação INSS,1,Acidente,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,41,Afastamentos,1,Agência,23,AGU,2,ALESP,1,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,5,Animais,4,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,7,APP,1,Apreensão,2,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,29,Assédio,1,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,5,Audiência,1,Audiência Pública,9,Auditoria,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,9,Banco Postal,25,BB,1,BDO Brasil,1,Benefícios,9,Black Friday,5,BNY Mellon,8,Boletim das Estatais,1,Cachorro,1,CADE,9,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Cancelamento,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,2,Cartas,2,Carteira de Trabalho,5,Carteiro,15,Carteiro Motorizado,1,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,2,CBDA,1,CBHb,1,CBS,1,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,4,Clipping,1542,Comunicado,3,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,323,Correios Celular,13,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,11,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,2,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Dano Moral,1,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,13,Despacho Postal,21,Destaque,932,Desvio,2,Diário Oficial,1,DIEESE,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM,1,ENEM 2018,3,Entrega Matutina,3,Esclarecimento,1,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,27,Estatais Estratégicas,1,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,2,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,17,FEDERAÇÕES,450,FEDEX,1,FENTECT,307,Férias,2,FINDECT,197,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,56,Furto,1,G1,1,Geral,470,Gilberto Kassab,3,GOL,1,Golden Share,1,Gratificação de Função,2,Greenfield,13,Greve,26,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,240,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,5,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,2,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,3,Licença-Paternidade,1,Licenças,2,Licitação,3,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Marcos Pontes,2,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,8,Ministério do Trabalho,1,Ministro,1,Motociclistas,6,MPF,18,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Pausare,1,Operação Rizoma,5,Operador de Empilhadeira,1,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Pagamento Abono,1,Panorama das Estatais,1,Papai Noel dos Correios 2018,10,Paralisação,5,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,7,Paulo Guedes,5,Paulo Paim,1,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,3,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,PLP 268/2016,1,Policia Federal,3,Polícia Federal,1,Políticas de Investimento,1,Portaria,2,Postal Saúde,121,Postalis,389,Postalis Digital,3,PostalPrev,4,Praect,2,Premiação,1,Presidente,8,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,10,Primeira Hora,176,Privatização,20,Processo,22,Professora,1,Projeto de Lei,2,Promoções Horizontais,1,Protesto,1,Qualidade,1,Quarentena,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,6,Receita Federal,7,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,2,Restruturação,4,Resultados Operacionais,1,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde Bucal,2,Saúde da Mulher,6,Saúde em Dia,1,Seguro de Vida,2,Selos,9,Sequestro,1,Série,7,Série Correios Saúde II,11,Serviços Postais,2,SEST,2,Sincort-PA,9,Sincotelba,26,Sindecteb,31,Sindicato,788,Sintcom-PR,55,Sintect-AC,17,Sintect-AL,96,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,53,Sintect-ES,47,Sintect-GO,33,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,40,Sintect-MG,20,Sintect-MS,36,Sintect-MT,24,Sintect-PB,30,Sintect-PE,29,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,145,Sintect-RN,16,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,55,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,139,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,SQUASH,1,STF,18,STJ,1,Taxa Emergencial,2,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,5,TCU,4,Tecnologia,1,Teletrabalho,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,36,TSE,3,TST,25,União,2,Universitários,1,UPU,2,USPOST,1,Vale Alimentação,1,Vale Extra,1,Vale Refeição,1,Vale Transporte,4,Venda Imóveis,2,Vice-presidente,5,Vídeo,1025,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Anatel diz que brasileiros não podem importar celulares da China
Anatel diz que brasileiros não podem importar celulares da China
Em nota, a agência destacou que a importação de equipamentos emissores de radiofrequência para uso do público, como smartphones e notebooks, não podem ser importados via Correios e nem por consumidores finais
https://4.bp.blogspot.com/-Iqvha-a_Lh4/XABG0VfPnaI/AAAAAAAASF4/QXI_SgsfSAEyrYhTPhndJQMCWCBLblmOQCLcBGAs/s320/Celulares.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-Iqvha-a_Lh4/XABG0VfPnaI/AAAAAAAASF4/QXI_SgsfSAEyrYhTPhndJQMCWCBLblmOQCLcBGAs/s72-c/Celulares.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/11/anatel-diz-que-brasileiros-nao-podem.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/11/anatel-diz-que-brasileiros-nao-podem.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar