Instituições empresariais fazem concurso como forma de incentivar a privatização dos Correios

O concurso que inventaram é uma farsa. Uma forma de propaganda, de incentivo à privatização dos Correios e de criar ideologia para convencer a população.

Ligadas a grupos empresariais, partidos políticos empresariais e grupos religiosos conservadores, centrados na perpetuação das diferenças e da exploração econômica sobre a os desprivilegiados, as instituições lançaram o concurso “Como Privatizar os Correios?” São elas: Rede Liberdade, Instituto Mises Brasil, Centro Mackenzie de Liberdade Econômica e Instituto Liberal de São Paulo.

É lamentável que instituições que se propõem sérias, mesmo sendo representantes do pensamento liberal/empresarial capitalista, se deem a esse papel. O concurso que inventaram é uma farsa. Uma forma de propaganda, de incentivo à privatização dos Correios e de criar ideologia para convencer a população.

Livre iniciativa?

Os organizadores do “concurso” e os participantes seguem o pensamento liberal. São defensores da livre iniciativa, a serviço da manutenção e fortalecimento do capitalismo e sua estrutura desigual, predatória e, enfim, da exploração da classe trabalhadora e do privilégio dos ricos capitalistas.

Em sua versão neoliberal, querem o esvaziamento do Estado, com a privatização das estatais e dos serviços públicos como saúde, educação, transporte, água e esgotos, energia elétrica, moradia, etc.

Mas o que é o Estado?

É o organizador das contribuições de toda a população e das empresas que formam uma sociedade. Sua função é usar esses recursos em prol da sociedade, garantindo a ela os serviços públicos que necessita, e pelos quais ela paga em forma de impostos e outras contribuições, como o INSS.

Os liberais querem o esvaziamento do Estado enquanto prestador de serviços à população. Para que? Para dar mais áreas para os empresários explorarem, lucrarem e enriquecerem. Mas eles propõem o fim do pagamento de impostos pela população? Claro que não. Querem que o Estado continue arrecadando dinheiro do povo, mas para ajudar as empresas e os empresários a enriquecerem.

Ao vencedor, as batatas…

O trabalho vencedor do concurso é uma peça de retórica vulgar. Mostra completo desconhecimento da realidade dos Correios e se baseia nas ideias propagandeadas pelos privatistas há muito tempo.

Seus principais argumentos estão baseados no relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) sobre a autoria que fez nas contas e ações dos Correios no período de 2011 a 2016.

Mas só olha para o que interessa, citando trechos da peça que reproduzem argumentos da ECT, e não conclusões dos auditores.

Ignora dados fundamentais, como o repasse indevido de R$ 6 bi ao governo e suas consequências, como a falta de recursos para investimento, que os auditores citam como fundamental para a queda de desempenho. Bem como a crítica à má administração, ao excesso de cargos indicados com altos salários, a problemas internos como o controle das compras e a fiscalização pelo mesmo setor.

E outros dados que foram analisados em uma série apresentada nesse site mostrando os achados e conclusões da CGU – VEJA AQUI.

Propaganda do que já vem sendo feito

O autor propõe, é claro, a quebra do monopólio postal. A revogação do estatuto e extinção da ECT enquanto empresa pública. E sua transformação em SA, com venda de ações no mercado.

Qual a novidade dessas propostas? Já há, inclusive, legislação aprovada que possibilita a transformação em SA. É pura propaganda do que já vem sendo feito pelos governos neoliberais!

Isso fica evidente também em sua proposta de “privatização gradual”, com criação de um órgão governamental para controlar o processo, ou seja, para socorrer com dinheiro público os entes privados que assumam as partes privatizadas.

A suposta ideia genial só reproduz as ações do governo e das direções da ECT, em especial as duas últimas, entre elas:
  • ausência de concurso e contratação;
  • extinção de cargos, terceirização de mão de obra e de toda uma área do serviço postal, como é o caso da triagem e do transbordo;
  • terceirização já antiga dos transportes e dos motoristas;
  • desinvestimento, extinção de produtos (como o E-Sedex), piora proposital no atendimento, como meios de favorecer a entrada das empresas privadas no setor e destruir a imagem dos Correios frente a população.
Tudo isso vem sendo feito e nada mais é que privatização gradual.

Monopólio estatal ou privado?

O autor chama o monopólio postal de privilégio. Diz que ele resulta em prejuízos a toda sociedade. É muito desprezo pela população brasileira, pelo atendimento dos mais pobres e necessitados, pelo direito à comunicação postal e pela segurança nacional. Mas não espanta, capitalista liberal pensa assim mesmo. Segurança pra que? Querem mesmo é que as multinacionais tomem conta de tudo.

O mais irônico é que o autor do texto não tem resposta nem proposta para o atendimento dos serviços deficitários e áreas carentes, que o monopólio postal garante – a chamada contrapartida social.

Deixa a resposta como algo etéreo, quase divino, acreditando “que o livre mercado achará saídas”. As saídas do mercado são exclusivamente para aumentar os lucros privados, e nunca para atender a população com qualidade, sobretudo a carente. Esse atendimento é papel do Estado, que os liberais capitalistas querem destruir (para o povo) e pôr a serviço deles.

Sua proposta de separar as áreas carentes e rurais e destinar verbas a elas é o que o monopólio faz hoje, nada mais. O autor dá voltas e chega ao mesmo lugar. Propõe a troca do monopólio estatal por um monopólio privado garantido com dinheiro arrecadado com impostos das empresas. Ou seja, dinheiro da população.

Esse concurso-propaganda e seu resultado reforça a necessidade da luta da categoria e de todos os trabalhadores para impedir o avanço dos empresários sobre os bens públicos, em busca de mais lucros e mais riquezas, o que só provoca mais pobreza, desigualdade e violência.

É nessa luta que estamos e chamamos toda a categoria a se unir. Não à terceirização e à privatização nos Correios!!! Com informações do Sintect-SP.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,8,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,32,Afastamentos,1,Agência,6,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,3,Anistia,2,ANS,1,Aplicativo,1,Aposentados,4,ARACT-SP,2,Arrombamento,3,Assaltos,17,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,1,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atestado,1,Atrasos,3,Auxílio-creche,1,Azul,5,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,CADE,5,Cães,1,Cajamar,1,Calote,1,Caminhão,1,Canal Descomplica,1,Cartas,2,Carteiro,3,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,1,CDD Polo,1,CGU,1,Chip Amarelinho,1,Clipping,1429,Concurso,2,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,1,Copa do Mundo 2018,1,Correios,270,Correios Celular,9,Correios Saúde II,3,Corte de Energia,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,2,DDA,6,Déficit,1,Despacho Postal,18,Destaque,870,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,Estadão Conteúdo,1,Estatais,8,Exclusiva,77,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,1,FEDERAÇÕES,438,FEDEX,1,FENTECT,300,FINDECT,190,Fiscalização,1,Fundos de Pensão,30,G1,1,Geral,418,GOL,1,Greve,20,Indicação,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,225,Insegurança,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Joint Venture,2,Jovem Aprendiz,2,Justa Causa,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Logística,1,Lucro,2,Luta Unificada,34,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério do Planejamento,1,Motociclistas,5,MPF,8,MPT,1,MTE,1,OAI,1,Operação Rizoma,3,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Paternidade,1,Patrocínio,6,PCCS1995,2,Plano de Saúde,1,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,90,Postalis,354,PostalPrev,1,Praect,2,Prestador,1,Previc,2,Primeira Hora,175,Privatização,2,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Recadastramento,2,Receita Federal,3,Reclamações,3,Refém,2,Refis Postal,1,Renegociação,1,Roubo,1,Salários,1,Saúde da Mulher,1,Seguro de Vida,2,Selos,4,Série,7,Série Correios Saúde II,3,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,19,Sindecteb,29,Sindicato,755,Sintcom-PR,53,Sintect-AC,17,Sintect-AL,88,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,44,Sintect-GO,30,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,38,Sintect-MG,19,Sintect-MS,32,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,44,Sintect-RJ,141,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,129,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,3,TCU,1,Terceirização,3,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,1,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,20,União,2,Vale Transporte,3,Vídeo,982,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Instituições empresariais fazem concurso como forma de incentivar a privatização dos Correios
Instituições empresariais fazem concurso como forma de incentivar a privatização dos Correios
O concurso que inventaram é uma farsa. Uma forma de propaganda, de incentivo à privatização dos Correios e de criar ideologia para convencer a população.
https://4.bp.blogspot.com/-yTDwORvtrpc/W4bGlWXA_LI/AAAAAAAAQ-0/xu6T4JqQ5zgia8XIyq9FBoSUf9VjkHJ9QCLcBGAs/s320/Concurso.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-yTDwORvtrpc/W4bGlWXA_LI/AAAAAAAAQ-0/xu6T4JqQ5zgia8XIyq9FBoSUf9VjkHJ9QCLcBGAs/s72-c/Concurso.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/08/instituicoes-empresariais-fazem.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/08/instituicoes-empresariais-fazem.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar