Correios de Campo Novo têm até abril para instalar sistema de segurança e continuar operando como banco postal

Decisão da Justiça do Trabalho é resultado de um processo movido por um trabalhador vítima de assaltos na agência

A agência dos Correios do município de Campo Novo do Parecis tem até meados de abril para instalar porta giratória, contratar agente de segurança e manter sistema de filmagem funcionando regularmente.  Caso contrário, terá que suspender os serviços de Banco Postal, por meio do qual atua como correspondente bancário do Banco do Brasil.

A determinação é do juiz João Humberto Cesário, titular da Vara do Trabalho da região, ao julgar uma reclamação trabalhista movida por um empregado dos Correios.

No processo, o trabalhador relatou o desespero que tomou conta de todos que estavam na agência no dia 8 de setembro do ano passado quando, mais uma vez, assaltantes armados invadiram o local e, sob fortes ameaças e constrangimentos, detalhados em boletim de ocorrência juntado ao processo, roubaram o que puderam, inclusive os pertences do funcionário: sua aliança de casamento, seu celular e sua moto. Por esses motivos, pediu a reparação dos danos morais e materiais resultantes do episódio criminoso de que foi vítima enquanto prestava serviços à empresa, bem como a instalação de sistemas de segurança no local de trabalho.

Os Correios, por sua vez, defenderam-se argumentando que os assaltos ocorridos nas suas agências decorrem de "fato de terceiro" ou ainda de "força maior" e são situações que acontecem em todos os lugares.

Ao analisar o caso, o juiz João Humberto lembrou que, em contextos como este, é preciso que três requisitos essenciais estejam presentes para garantir o direito à reparação: o dano, o nexo de causalidade e a culpa de quem causou o prejuízo.

Quanto aos dois primeiros, o magistrado entendeu que ambos estão provados tanto pela ocorrência de assalto, como pela forma como esse se deu, bem como suas consequências de constrangimento, aflição, angústia e medo.

Com relação à culpa do empregador, o juiz ressaltou que, após a parceria que instituiu o Banco Postal, vultosas quantias em dinheiro passaram a circular nas agências dos Correios, o que chamou a atenção de bandidos que elegeram essas unidades para inúmeros assaltos a mão armada, especialmente porque elas não possuem a mesma estrutura de vigilância patrimonial das agências bancárias.

Por essa razão, enfatizou o magistrado, ao participar de um processo empresarial que descentralizou serviços bancários, levando-os para as suas agências, os Correios deveriam “ter adotado medidas preventivas para garantir a segurança física e patrimonial de seus empregados e clientes, notadamente por que incumbe ao empregador a adoção de medidas para ‘redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança’, conforme expresso comando constitucional (art. 7º, XXII, da CRFB/88)”.

O juiz reforçou ainda que a obrigatoriedade de adoção de medidas de segurança previstas na Lei 7.102/83, editada para as instituições bancárias, se estende aos Correios no momento em que passou a realizar serviços bancários, uma vez que a lei também se refere a ‘postos de atendimento’. “Portanto, sendo incontroverso que a reclamada não adotou medidas adequadas de segurança, tal como disciplinado na Lei 7.102/83, consistente na contratação de vigilante devidamente habilitado, portas giratórias, com vistas a garantir uma maior segurança ao local, reconheço sua culpa, na modalidade omissiva, nos danos sofridos pelo autor em decorrência dos dois assaltos sofridos em seu ambiente de trabalho”, concluiu.

Indenização
Quanto ao valor da condenação, o magistrado levou em conta as circunstâncias do caso, a extensão do dano diretamente relacionado aos fatos sofridos no trabalho e o caráter pedagógico que deve gerar uma decisão nesse sentido para fixar em 20 mil reais a reparação pelo dano moral.

Por fim, autorizou que, caso a empresa não faça as adequações de segurança em até 30 dias após a sentença, publicada em 15 de março, e nem ocorra a suspensão dos serviços de Banco Postal, o trabalhador deixe de prestar serviços na agência até que uma das duas providências seja concluída pelos Correios, tudo sem prejuízo de sua integral remuneração. Com informações da assessoria de comunicação do TRT/MT.

Processo PJe:  0000552-63.2017.5.23.0111

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,9,Abono Pecuniário,3,Abrapp,1,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,38,Afastamentos,1,Agência,22,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,4,ANATEL,1,Animais,1,Anistia,2,ANS,3,Aplicativo,1,Aposentados,4,APP,1,ARACT-SP,2,Arrombamento,2,Assaltos,26,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,2,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atendimento Digital,1,Atestado,1,Atraso,1,Atrasos,4,Audiência,1,Auxílio Doença,1,Auxílio-creche,1,Azul,7,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,Black Friday,2,BNY Mellon,5,Cachorro,1,CADE,7,Cães,1,Cajamar,1,Calote,2,Caminhão,1,Caminhões,1,Canal Descomplica,1,Capitalizar,1,Carlos Fortner,1,Cartas,2,Carteira de Trabalho,1,Carteiro,9,Carteiro Poeta,1,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,2,CDD Polo,1,CGPAR,5,CGU,2,Chip Amarelinho,1,Clipping,1494,Concurso,2,Condições de Trabalho,4,Conselho de Administração,2,Contas Públicas,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,2,Copa do Mundo 2018,1,Correios,313,Correios Celular,10,Correios Saúde,1,Correios Saúde II,10,Corte de Energia,1,Cronograma de Empréstimos,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,3,Data Comemorativa,2,DDA,9,Déficit,1,Demissão Justa Causa,1,Demissão Motivada,12,Despacho Postal,21,Destaque,917,Desvio,1,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,e-commerce,1,Empréstimos,1,ENEM 2018,3,Estadão Conteúdo,1,Estado de Greve,3,Estatais,18,Exames Periódicos,1,Exclusiva,78,Extinção,1,Extravio,1,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,16,FEDERAÇÕES,446,FEDEX,1,FENTECT,305,Férias,1,FINDECT,195,Fiscalização,1,Frota,1,Funções,1,Fundos de Pensão,39,G1,1,Geral,451,GOL,1,Gratificação de Função,1,Greenfield,10,Greve,25,Indicação,1,Indicação Política,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,231,Insegurança,3,INSS,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Intervenção,2,Joint Venture,4,Jovem Aprendiz,3,Justa Causa,1,Kassab,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Limpeza,1,Livre Escolha,1,Logística,2,Lucro,2,Luta Unificada,34,Malware,1,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério da Fazenda,1,Ministério do Planejamento,4,Ministro,1,Motociclistas,5,MPF,15,MPT,1,MTE,2,multiatendimento financeiro,1,OAI,1,OJ247,17,Operação Rizoma,4,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Outubro Rosa,1,Papai Noel dos Correios 2018,8,Paralização,2,Parceria,3,Parecer,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Paulo Guedes,2,PBM,1,PCCS1995,2,PDV,2,Plano BD,2,Plano de Saúde,4,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,113,Postalis,374,Postalis Digital,1,PostalPrev,3,Praect,2,Premiação,1,Presidente,6,Prestador,1,Prestador Suspenso,1,Previc,6,Primeira Hora,176,Privatização,13,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Reajuste de Tarifas,1,Recadastramento,2,Receita Federal,4,Reclamações,4,Reestruturação,1,Refém,2,Refis Postal,1,Reintegração,1,Renegociação,1,Rentabilidade,1,Restruturação,4,Rombo,1,Roubo,3,RTSA,1,Salários,1,Saúde Bucal,1,Saúde da Mulher,5,Seguro de Vida,2,Selos,6,Série,7,Série Correios Saúde II,10,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,21,Sindecteb,31,Sindicato,777,Sintcom-PR,55,Sintect-AC,17,Sintect-AL,94,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,46,Sintect-GO,31,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,39,Sintect-MG,20,Sintect-MS,35,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,45,Sintect-RJ,144,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,136,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,17,Taxa Emergencial,1,Taxa Extra,4,Taxa Homologação Importados,1,TCU,2,Tecnologia,1,Terceirização,8,Termo Aditivo,1,Tesouro Nacional,1,Top of Mind,2,Transferência,1,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,22,União,2,UPU,2,USPOST,1,Vale Transporte,3,Vice-presidente,2,Vídeo,1030,Vírus,1,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Correios de Campo Novo têm até abril para instalar sistema de segurança e continuar operando como banco postal
Correios de Campo Novo têm até abril para instalar sistema de segurança e continuar operando como banco postal
Decisão da Justiça do Trabalho é resultado de um processo movido por um trabalhador vítima de assaltos na agência
https://2.bp.blogspot.com/-3XEDH8kbeGE/WnNayjDdTDI/AAAAAAAAMGE/JBz5tjqJ0v43SlUJ3JgXEkIdSTE3MJ6wQCPcBGAYYCw/s320/Informe%2BJuridico.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-3XEDH8kbeGE/WnNayjDdTDI/AAAAAAAAMGE/JBz5tjqJ0v43SlUJ3JgXEkIdSTE3MJ6wQCPcBGAYYCw/s72-c/Informe%2BJuridico.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/03/correios-de-campo-novo-tem-ate-abril.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2018/03/correios-de-campo-novo-tem-ate-abril.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar