Correios demite mais um carteiro após a greve

Fernando Fernandes tem 16 anos de empresa como carteiro. É ex-dirigente sindical. Assim como ocorreu em Santa Catarina, ele é mais um trabalhador demitido pela empresa após a greve. E mais uma vítima das arbitrariedades cometidas contra os funcionários.

Aos 21 anos de idade, Fernando Fernandes, morador de Guaíra, cidade paranaense que fica na fronteira do Brasil com o Paraguai, comemorou ao ver seu nome na lista dos concursados dos Correios do Paraná. O cargo era de carteiro. Era o ano de 2001 e milhares de pessoas pelo mundo acreditavam vivenciar uma nova era. A virada do milênio trazia esperança de um futuro promissor ao jovem Fernando. “Finalmente vou poder realizar um sonho. Quero fazer carreira e me aposentar nos Correios”, disse à época.

Passados 16 anos na empresa, na sexta-feira (20), Fernando recebe a notícia de que foi demitido da empresa por “justa causa”. O motivo alegado pela direção dos Correios foi o sumiço de correspondências de dentro do CDD de Toledo, encontradas num terreno baldio há 1 km de distância do local de trabalho. O caso aconteceu em janeiro e um morador da cidade encontrou as cartas e entregou na unidade dos Correios. Eram correspondências que haviam sido devolvidas por diversos motivos, como endereço não encontrado, morador ausente, por exemplo. E aguardavam para serem entregues novamente.

Na ocasião, Fernando lembra que ao chegar ao local de trabalho pela manhã, havia muitas pilhas de cartas sob o seu escaninho. “Havia umas quatro caixas de correspondências de devolução porque o serviço está sempre acumulado, pela falta de funcionários. Não sei dizer quantas cartas tinham. O importante para mim, como todos os dias, nesses 16 anos, é cumprir minha missão e partir para a entrega. Quando saí, ainda ficaram muitas cartas lá”, relatou.

Apesar de haver algumas câmeras na unidade, nenhuma filma o local onde ficam os escaninhos de cartas. Não há como saber quem pegou as correspondências. Segundo a direção da empresa, pouco importa quem pegou as cartas, “se elas estavam no escaninho de Fernando, ele é o único responsável”. Mesmo que ele passe o dia todo na rua, fazendo as entregas.

Dirigente sindical do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Paraná, entre 2010 e 2012, Fernando avalia que sempre teve um bom relacionamento com os colegas e nunca teve desentendimentos com nenhum dos cerca de 40 trabalhadores da unidade. Ele sempre tomou a defesa dos colegas contra o que considerava assédio por parte dos gestores e era conhecido como um questionador. Ele comentou que moveu um processo interno contra o supervisor da unidade, há dois anos.

Segundo relato de Fernando, o motivo do processo seria porque o chefe afirmou numa reunião que os carteiros poderiam infringir qualquer lei de trânsito, como subir e trafegar na calçada com a moto, estacionar em local proibido, porque “os Correios tinham acordo com o Governo e nada aconteceria aos carteiros”. Fernando considerou a afirmação abusiva e denunciou à chefia da empresa. Parece que a mesma rapidez que a diretoria empregou para demitir Fernando não foi usada para apurar a má conduta do gestor, já que nada aconteceu ao chefe até o momento.

Mudanças, superação e dificuldades marcam a trajetória profissional e pessoal desse trabalhador. Quando passou no concurso, ele saiu de Guaíra para assumir a vaga de carteiro em Marechal Cândido Rondon, a cerca de uma hora de sua cidade natal. Passou um ano lá, mas a saudade da família apertou ele pediu transferência para Guaíra. Mais um ano perto da mãe e da irmã, apertou a vontade de retornar à convivência com os colegas de Marechal Cândido Rondon. E ficou mais dois anos nesta cidade.

Motivado pelo vigor físico que a função de carteiro exige, Fernando passou no vestibular de Educação Física, na Universidade Paranaense (Unipar), em Toledo. Era 2004, mais uma transferência de cidade e três novos desafios: trabalhar, estudar e dar aulas para crianças. A experiência foi muito boa, segundo ele, mas preferiu não seguir carreira como professor e se voltou somente ao trabalho nos Correios. “Gosto mesmo é de ser carteiro”, afirmou.

Fernando é carteiro motorizado, mas conta que a cada transferência de município, tinha que voltar a entregar cartas de bicicleta, por pelo menos seis meses Até que surgisse uma nova vaga para a moto. E a função exige concurso interno. Dirigindo a trabalho, ele se acidentou duas vezes de moto, em 2002 e em 2014. Nas duas ocasiões, quebrou o mesmo punho. Ficou um semestre realizando fisioterapia, após cada acidente.

Dos muitos momentos marcantes, Fernando lembra-se da entrega de brinquedos para as crianças, na época do Natal. “Não tem como traduzir em palavras a emoção de entregar a cartinha enviada ao Papai Noel junto com um brinquedo à uma criança carente”, disse ele. Dos momentos ruins, ele se recorda um cachorro pitbull que ficou quase um ano correndo atrás dele. A ameaça só parou depois que ele conseguiu conversar com o dono e pedir providências para manter o cão preso ou registraria uma queixa na delegacia.

Fernando casou-se há um mês. Divorciado, do primeiro casamento tem 3 filhos, de cinco, sete e oito anos. Possui a guarda compartilhada e fica com os filhos duas ou três vezes por semana. Aos 37 anos, poderia estar com a vida em harmonia, mas o fel da injustiça tem tomado conta de sua vida desde o começo do ano, retirando-lhe o sono e a saúde. Tem tomado remédios controlados nos últimos meses. Não há sequer como pensar em lua de mel. Sobre as aspirações na carreira, ele afirma ter chego ao topo de onde queria: conseguiu ser carteiro dirigindo um carro e não mais uma moto.

Os familiares de Fernando, em Guaíra, ainda não estavam sabendo da demissão até o final da noite desta sexta. Ele teve que interromper a entrevista para levar a esposa ao hospital, pois, segundo contou, ela estava tendo uma crise nervosa. Sobre o futuro, ele apenas disse “não se trata mais de retornar ao meu sonho de carreira nos Correios, hoje, só consigo pensar em desfazer essa injustiça, porque fui acusado de algo que não cometi e isso corrói qualquer pessoa inocente. Quero ver meu nome limpo e ter minha dignidade de volta”, declarou.

Ao ser questionado se a trajetória de defesa de causas trabalhistas e a luta por justiça valia a pena, Fernando Fernandes não exitou: “É melhor morrer lutando que viver ajoelhado”. O secretário geral do Sintcom-PR, Marcos Rogério Inocêncio (China), informou que o departamento jurídico já está tomando todas as providências cabíveis para reverter a demissão de Fernando Fernandes.

Venha lutar conosco, clique aqui e sindicalize-se!
Fonte: Sintcom-PR

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AACB,1,AADC,8,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,112,ADCAP,32,Afastamentos,1,Agência,6,AGU,2,ALMG,3,Alunos,1,ANATECT,3,Anistia,2,ANS,1,Aplicativo,1,Aposentados,4,ARACT-SP,2,Arrombamento,3,Assaltos,17,Assédio Moral,1,Assistência Médica,1,ATAs,1,Atendente Comercial,1,Atendimento CorreiosSaúde II,1,Atestado,1,Atrasos,3,Auxílio-creche,1,Azul,5,Banco Postal,23,BB,1,Benefícios,9,CADE,5,Cães,1,Cajamar,1,Calote,1,Caminhão,1,Canal Descomplica,1,Cartas,2,Carteiro,3,Carteiros,1,Casamento,1,CAT,1,CDD Polo,1,CGU,1,Chip Amarelinho,1,Clipping,1430,Concurso,2,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Contrabando,1,Contribuição Extraordinária,1,Copa do Mundo 2018,1,Correios,271,Correios Celular,9,Correios Saúde II,3,Corte de Energia,1,CSP Conlutas,1,CTB,1,CUT,1,CVM,2,DDA,6,Déficit,1,Despacho Postal,18,Destaque,870,Diário Oficial,1,Diferencial de Mercado,1,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,DNI,2,Estadão Conteúdo,1,Estatais,8,Exclusiva,77,FAACO,3,Falecimento,1,Fechamento,1,FEDERAÇÕES,438,FEDEX,1,FENTECT,300,FINDECT,190,Fiscalização,1,Fundos de Pensão,30,G1,1,Geral,418,GOL,1,Greve,20,Indicação,1,Informa Postalis,5,Informe Jurídico,225,Insegurança,1,Insumos,1,INTERSINDICAL,1,Joint Venture,2,Jovem Aprendiz,2,Justa Causa,1,Lançamento,1,LATAM,3,Lei das Estatais,1,Licenças,2,Licitação,2,Logística,1,Lucro,2,Luta Unificada,34,Manuais,2,Marcos César,15,Mercado Livre,1,Metas,1,Ministério do Planejamento,1,Motociclistas,5,MPF,8,MPT,1,MTE,1,OAI,1,Operação Rizoma,3,Opinião Ecetista,1,OTT,4,Papai Noel dos Correios,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,PCCS1995,2,Plano de Saúde,1,Plantão Negociação 2018/2019,19,Policia Federal,1,Portaria,2,Postal Saúde,90,Postalis,354,PostalPrev,1,Praect,2,Prestador,1,Previc,2,Primeira Hora,175,Privatização,2,Processo,22,Professora,1,Protesto,1,Qualidade,1,Reajuste,1,Recadastramento,2,Receita Federal,3,Reclamações,3,Refém,2,Refis Postal,1,Renegociação,1,Roubo,1,Salários,1,Saúde da Mulher,1,Seguro de Vida,2,Selos,4,Série,7,Série Correios Saúde II,3,Serviços Postais,2,SEST,1,Sincort-PA,9,Sincotelba,19,Sindecteb,29,Sindicato,755,Sintcom-PR,53,Sintect-AC,17,Sintect-AL,88,Sintect-AM,5,Sintect-AP,12,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,51,Sintect-ES,44,Sintect-GO,30,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,38,Sintect-MG,19,Sintect-MS,32,Sintect-MT,24,Sintect-PB,32,Sintect-PE,28,Sintect-PI,44,Sintect-RJ,141,Sintect-RN,15,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,15,Sintect-RR,1,Sintect-RS,54,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,129,Sintect-STS,11,Sintect-TO,13,Sintect-URA,9,Sintect-VP,11,STF,3,TCU,1,Terceirização,3,TRF,2,TRT,26,TRT10,1,TRT15,2,TRT21,2,TRT23,1,TRT9,1,TSE,3,TST,20,União,2,Vale Transporte,3,Vídeo,983,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Correios demite mais um carteiro após a greve
Correios demite mais um carteiro após a greve
Fernando Fernandes tem 16 anos de empresa como carteiro. É ex-dirigente sindical. Assim como ocorreu em Santa Catarina, ele é mais um trabalhador demitido pela empresa após a greve. E mais uma vítima das arbitrariedades cometidas contra os funcionários.
https://4.bp.blogspot.com/-QASJJpOYdHE/WfR5UcL-fWI/AAAAAAAAJog/CXLt1qns4mc4gRgptmLAL1YibW69vi-rgCLcBGAs/s320/Carteiro%2BFernando.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-QASJJpOYdHE/WfR5UcL-fWI/AAAAAAAAJog/CXLt1qns4mc4gRgptmLAL1YibW69vi-rgCLcBGAs/s72-c/Carteiro%2BFernando.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/10/correios-demite-mais-um-carteiro-apos.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/10/correios-demite-mais-um-carteiro-apos.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ NOTÍCIAS SOBRE ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar