Após 12 dias, funcionários dos Correios no Acre mantém greve por tempo indeterminado

Servidores aderiram ao movimento nacional no último dia 21 de setembro. Empresa e funcionários vão participar de conciliação com o TST na quarta (4), em Brasília.

Os funcionários dos Correios no Acre permanecem em greve por tempo indeterminado após 12 dias de paralisação. O presidente do Sindicato dos Correios e Telégrafos do Acre (Sintec-AC), Edson Pinheiro, diz que uma mediação entre os trabalhadores e a empresa deve ser realizada na quarta-feira (4) pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), às 16h (de Brasília).

Na reunião, a categoria espera fechar um Acordo Coletivo de Trabalho para 2018 que é uma das principais reivindicações. Os servidores aderiram à greve nacional no último dia 21 de setembro após uma assembleia. O movimento tem a adesão de trabalhadores de todos os 26 estados e do Distrito Federal.

Em nota, os Correios destacaram que o ministro Emmanoel Pereira, vice-presidente do TST, reconheceu, no último dia 28 de setembro, que a greve dos empregados é abusiva. As bases sindicais, segundo a empresa, teriam aderido à greve antes de as negociações serem finalizadas.

Eles afirmam que fizeram um acordo coletivo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) em que reajustaram em 3% os salários e benefícios dos funcionários a partir de janeiro de 2018.

No entanto, as bases sindicais votaram contra a proposta e decidiram iniciar a greve sem apresentar uma contraproposta. Em todo o Brasil, a rede de atendimento está aberta e todos os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam disponíveis, informou a empresa.

Esperamos receber, durante essa reunião, uma proposta que seja benéfica para os dois lados. Infelizmente, a empresa quer retirar os direitos dos trabalhadores e não podemos aceitar isso. A greve permanece mesmo com os servidores temendo o corte de pontos, como eles falaram que vão fazer”, diz Pinheiro.

Além do acordo coletivo, a categoria reivindica o retorno do plano de saúde, mais segurança no trabalho e novas contratações por meio de concurso público. Os trabalhadores também se posicionaram contra o processo de privatização dos Correios.

No Acre, segundo Pinheiro, funcionários dos municípios de Feijó, Tarauacá e Cruzeiro do Sul também aderiram ao movimento. Mesmo assim, segundo ele, ao menos 80% dos servidores permanecem trabalhando. A expectativa é de que quase 20% dos trabalhadores estejam paralisados.

Continuamos o movimento principalmente contra a privatização e também a falta de estrutura. A paralisação permanece em todo o Brasil, não vamos fraquejar”, finaliza. As informações são do G1.

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AADC,7,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,8,ADCAP,15,ALMG,1,ANATECT,1,Aplicativo,1,Aposentados,1,Assaltos,2,Assédio Moral,1,ATAs,1,Banco Postal,23,Benefícios,8,Casamento,1,CDD Polo,1,CGU,1,Clipping,1291,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Correios,237,Correios Celular,1,DDA,3,Destaque,769,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Estadão Conteúdo,1,Exclusiva,74,FAACO,2,Falecimento,1,FEDERAÇÕES,382,FENTECT,263,FINDECT,154,Fundos de Pensão,27,G1,1,Geral,340,Greve,18,Indicação,1,Informe Jurídico,197,Licenças,2,Luta Unificada,33,Manuais,2,Marcos César,6,Motociclistas,3,MPF,4,OAI,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Policia Federal,1,Postal Saúde,70,Postalis,300,Previc,1,Primeira Hora,157,Processo,21,Protesto,1,Seguro de Vida,2,Série,7,Sincort-PA,9,Sincotelba,17,Sindecteb,25,Sindicato,673,Sintcom-PR,42,Sintect-AC,14,Sintect-AL,73,Sintect-AM,4,Sintect-AP,10,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,46,Sintect-ES,38,Sintect-GO,18,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,32,Sintect-MG,15,Sintect-MS,25,Sintect-MT,23,Sintect-PB,30,Sintect-PE,25,Sintect-PI,42,Sintect-RJ,119,Sintect-RN,14,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,14,Sintect-RR,1,Sintect-RS,48,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,114,Sintect-STS,11,Sintect-TO,12,Sintect-URA,9,Sintect-VP,9,TRT,25,TST,11,Vídeo,830,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Após 12 dias, funcionários dos Correios no Acre mantém greve por tempo indeterminado
Após 12 dias, funcionários dos Correios no Acre mantém greve por tempo indeterminado
Servidores aderiram ao movimento nacional no último dia 21 de setembro. Empresa e funcionários vão participar de conciliação com o TST na quarta (4), em Brasília.
https://3.bp.blogspot.com/-pwdPpeAnEbY/WdPTtbouitI/AAAAAAAAJQQ/4cpWPRwWArEicPXrAfg4doe_cOwl-gyqACLcBGAs/s320/Greve%2BAC.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-pwdPpeAnEbY/WdPTtbouitI/AAAAAAAAJQQ/4cpWPRwWArEicPXrAfg4doe_cOwl-gyqACLcBGAs/s72-c/Greve%2BAC.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/10/apos-12-dias-funcionarios-dos-correios.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/10/apos-12-dias-funcionarios-dos-correios.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ ARTIGO ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar