Novos tempos ameaçam sobrevivência dos Correios, alerta presidente da empresa

O presidente da ECT também não descartou a possibilidade de demissão de funcionários e de redução de agências.

Em audiência pública realizada nesta terça-feira (6), na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), o presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Guilherme Campos Júnior,  afirmou que a estatal precisa adaptar-se aos impactos tecnológicos dos novos tempos com urgência, se quiserem sobreviver. O presidente da ECT também não descartou a possibilidade de demissão de funcionários e de redução de agências.

— O impacto das novas tecnologias no mundo postal tem grande representatividade. Todos os grandes serviços postais do mundo passaram por essa mudança, e há bem mais tempo. Cada pais achou sua transformação mais adequada a sua realidade, nós aqui no Brasil também vamos achar a nossa, mas, uma constatação é total: a queda do volume de objetos postais referentes ao monopólio altera e muito o trabalho da empresa, altera e muito as finanças da empresa — afirmou.

Campos Júnior disse que não há possibilidade da estatal ser privatizada. Em sua avaliação, as singularidades do modo de atuação e a situação financeira da empresa seriam incapazes de atrair a atenção de qualquer investidor. No primeiro quadrimestre de 2017, os Correios registraram prejuízo de R$ 800 milhões, sendo que R$ 600 milhões referem-se ao pagamento do plano de saúde de estatal.

— Tem que dar tudo errado para que a solução dos Correios seja pelo caminho da privatização. A empresa está presente nos 5.575 municípios do país. Esta característica de integração nacional, essa capilaridade é uma característica que a diferencia das demais empresas públicas do país. Pelo cenário atual, duvido que aparecesse algum interessado nessa privatização. Nenhuma empresa do Brasil, por exemplo, quis entrar na disputa pelo Banco Postal, operado pelo Banco do Brasil, e que hoje representa a única atividade financeira em mais de 1.700 cidades do país – destacou.

Campos Júnior disse que a reestruturação que se faz necessária atualmente deveria ter sido adotada há uma década pelos Correios, que registrou prejuízo de R$ 2 bilhões nos últimos dois anos, o que vem obrigando a empresa a fazer “ajustes e cortes desgastantes em todas as áreas”.

— Desde 2016 promovemos congelamento dentro de nossos orçamento e evitamos aumento de despesas de um bilhão e meio de reais, eliminamos funções gratificadas, houve mudança na política comercial da empresa, e desde novembro, com consultoria contratada para redesenhar a empresa, apresentamos uma nova estrutura dos Correios, focada nos negócios, aproveitando sinergias, eliminando níveis hierárquicos e a superposição de áreas, promovemos enxugamento expressivo na estrutura, eliminando mais de 400 postos de gerência e 20 departamentos — explicou.

Dos 117 mil funcionários da empresa, 7 mil já aderiram ao último plano de desligamento incentivado lançado pelos Correios, cuja folha de pagamento, somando salários e benefícios, representa 60% do custo operacional da empresa, explicou Campos Júnior.

— Não existe empresa congênere que possa fazer frente a esses desafios e custos, e não está descartada a possibilidade de demissão motivada. O conserto está sendo feito com o carro andando, esperamos para ver o resultado até o final do ano.

Outros participantes
Para o presidente da Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios, José Aparecido Gândara, que há mais de 40 anos trabalha na estatal, “infelizmente, as gestões políticas que têm passado pelos Correios só têm feito mal à empresa, que elegeu, como prioridade, acomodar apadrinhados políticos”.

— Se a tarifa [postal] fosse corrigida em 2012, a folha de pagamento não estaria consumindo 60% dos recursos da empresa. Nos últimos cinco anos, houve patrocínios esportivos em  R$ 500 milhões — R$ 300 milhões nas Olimpíadas. O governo levou da empresa  R$ 3 bilhões em dividendos. Para cobrir assaltos e atrasos em entregas, são R$ 300 milhões ao ano. Gastaram mais de R$ 50 milhões para trocar a marca da empresa. A culpa é da má gestão, e não dos trabalhadores. O menor salário dos Correios está em R$ 900; o maior, em torno de R$ 48 mil. É muita a diferença — afirmou.

Presidente da Associação dos Analistas dos Correios, Jailson Pereira disse que a empresa é uma peça fundamental da administração pública, no que tange ao serviço postal.

— Trinta por cento das cidades do Brasil só possuem os Correios para acesso bancário, conforme dados do Banco Central, de 2013. No Amazonas, é a única instituição presente em todos os municípios do estado — frisou.

Presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares, José Rivaldo da Silva disse que a estatal deveria promover a motivação dos trabalhadores, ao contrário de medidas de reestruturação que só cortam direitos dos mesmos.

Presidente da Associação Nacional dos Trabalhadores da ECT, Rodolfo Amaral disse que a empresa é diferenciada, por manter “ação social muito forte e integralizar o país". Ele defendeu ainda a criação de um fundo de apoio aos Correios, e observou que o monopólio postal só atinge cartas e boletos bancários.

O senador Paulo Rocha (PT-PA) ressaltou que os Correios têm ação social e que o desmonte da empresa terá repercussão negativa em toda a cadeia produtiva nacional.

— Aí vem esse papo de diminuição de custos. Já demonstramos o contrário. Quanto mais salário na mão do povo, mais perspectiva de desenvolvimento social — ponderou. (Da Redação, Agência Senado)

Audiência na Íntegra

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AADC,7,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,8,ADCAP,15,ALMG,1,ANATECT,1,Aplicativo,1,Aposentados,1,Assaltos,2,Assédio Moral,1,ATAs,1,Banco Postal,23,Benefícios,8,Casamento,1,CDD Polo,1,CGU,1,Clipping,1290,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Correios,237,Correios Celular,1,DDA,3,Destaque,769,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Estadão Conteúdo,1,Exclusiva,74,FAACO,2,Falecimento,1,FEDERAÇÕES,382,FENTECT,263,FINDECT,154,Fundos de Pensão,27,G1,1,Geral,340,Greve,18,Indicação,1,Informe Jurídico,197,Licenças,2,Luta Unificada,33,Manuais,2,Marcos César,6,Motociclistas,3,MPF,4,OAI,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Policia Federal,1,Postal Saúde,70,Postalis,300,Previc,1,Primeira Hora,157,Processo,21,Protesto,1,Seguro de Vida,2,Série,7,Sincort-PA,9,Sincotelba,17,Sindecteb,25,Sindicato,672,Sintcom-PR,42,Sintect-AC,13,Sintect-AL,73,Sintect-AM,4,Sintect-AP,10,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,46,Sintect-ES,38,Sintect-GO,18,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,32,Sintect-MG,15,Sintect-MS,25,Sintect-MT,23,Sintect-PB,30,Sintect-PE,25,Sintect-PI,42,Sintect-RJ,119,Sintect-RN,14,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,14,Sintect-RR,1,Sintect-RS,48,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,113,Sintect-STS,11,Sintect-TO,12,Sintect-URA,9,Sintect-VP,9,TRT,25,TST,11,Vídeo,830,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Novos tempos ameaçam sobrevivência dos Correios, alerta presidente da empresa
Novos tempos ameaçam sobrevivência dos Correios, alerta presidente da empresa
O presidente da ECT também não descartou a possibilidade de demissão de funcionários e de redução de agências.
https://1.bp.blogspot.com/-qRhDe9bFNPA/WTcdo3XZLcI/AAAAAAAAHMM/IJJS3iZ3Bgo7m28psv9qtNVMNPba6_UIwCLcB/s320/Debate_Senado.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-qRhDe9bFNPA/WTcdo3XZLcI/AAAAAAAAHMM/IJJS3iZ3Bgo7m28psv9qtNVMNPba6_UIwCLcB/s72-c/Debate_Senado.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/06/novos-tempos-ameacam-sobrevivencia-dos.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/06/novos-tempos-ameacam-sobrevivencia-dos.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ ARTIGO ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar