Por não cumprir ordens ilegais, trabalhador foi vítima de assédio moral

O trabalhador alega que seu superior hierárquico dava-lhe ordens para alimentar o sistema de rastreamento dos Correios com informações falsas, a fim de transparecer celeridade nos procedimentos

Subiu de cinco para 15 mil a indenização a ser paga pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos a um funcionário vítima de assédio moral. Os magistrados da Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE), por unanimidade, julgaram a necessidade de uma condenação mais severa, visto a gravidade praticada pelo agressor – chefe do autor da ação – que compelia seus subordinados a inserir informações erradas no sistema de controle de entrega da companhia. Para os desembargadores, a conduta prejudicava não só o trabalhador, mas a população em geral, usuária dos serviços dos Correios. O reclamante também deverá perceber mais R$ 10 mil a título de danos morais, por ter desenvolvido doença ocupacional, e R$ 15 mil pela chamada “perda de uma chance”, já que não pôde progredir da carreira de carteiro após perda de capacidade motora dos ombros.

O trabalhador alega que seu superior hierárquico dava-lhe ordens para alimentar o sistema de rastreamento dos Correios com informações falsas, a fim de transparecer celeridade nos procedimentos. Afirmou que a chefia dizia para ele registrar que determinada entrega já havia sido feita, quando, na verdade, o pacote sequer havia saído da agência. Defendeu que, por se recusar a cumprir as ordens, foi transferido para o município de Itapissuma-PE.

 A testemunha do reclamante confirmou as informações, ao passo que a da reclamada disse que as investigações internas sobre o assunto ainda estavam em curso. Também em sua defesa, a empresa argumentou que a transferência se deu por conta da necessidade de reabilitação do trabalhador.

A relatora do acórdão, desembargadora Gisane Barbosa de Araújo, concluiu, com base nas provas apresentadas no processo, que a transferência foi utilizada como retaliação porque o reclamante não obedecia ao determinado pelo gestor. Ordens essas manifestamente ilegais: “No âmbito trabalhista, esse mau procedimento dos prepostos da ré poderia até levar o funcionário conivente a ser dispensado por justa causa”, asseverou a magistrada.

A Turma manteve a decisão de primeiro grau que determinou a alocação imediata do reclamante em uma agência no Recife e deu provimento ao recurso obreiro para elevar o pagamento de danos morais em razão do assédio sofrido. Sobre esse último ponto, destacou-se o caráter pedagógico da penalidade, haja vista a gravidade da conduta do gestor – que, inclusive, demandou notificação ao Ministério Público Federal – e a importância dos Correios na prestação de serviços de entrega no Brasil.

Os magistrados consideraram justos e razoáveis os valores já arbitrados a título de danos morais pela doença do trabalho desenvolvida, bem como pela perda de oportunidades profissionais, respectivamente R$ 10 mil e R$15 mil. O trabalhador fora acometido de bursite no ombro devido ao peso que precisava transportar regularmente e precisou ser afastado das atividades de carteiro, o que reduziu cerca de 30% de sua remuneração – adicional pago pela função. “Inegável que a enfermidade que acometeu o trabalhador ocasionou limitações a suas atividades, tanto profissionais quanto pessoais”, afirmou a relatora Gisane Araújo.

Por outro lado, a Turma negou provimento ao pedido do trabalhador quanto ao custeio integral de seu plano de saúde pelo empregador. Segundo os magistrados, parte do benefício já é coberto pela empresa e não há previsões legais para justificar a responsabilização patronal também pela cota-parte do funcionário. (Por Helen Falcão, TRT 6)

Decisão na íntegra

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AADC,7,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,9,ADCAP,15,ALMG,1,ANATECT,1,Aplicativo,1,Aposentados,1,Assaltos,2,Assédio Moral,1,ATAs,1,Banco Postal,23,Benefícios,8,Casamento,1,CDD Polo,1,CGU,1,Clipping,1291,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Correios,237,Correios Celular,1,DDA,3,Destaque,772,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Estadão Conteúdo,1,Exclusiva,74,FAACO,2,Falecimento,1,FEDERAÇÕES,383,FENTECT,264,FINDECT,155,Fundos de Pensão,27,G1,1,Geral,340,Greve,18,Indicação,1,Informe Jurídico,197,Licenças,2,Luta Unificada,33,Manuais,2,Marcos César,6,Motociclistas,3,MPF,4,OAI,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Policia Federal,1,Postal Saúde,70,Postalis,300,Previc,1,Primeira Hora,157,Processo,21,Protesto,1,Seguro de Vida,2,Série,7,Sincort-PA,9,Sincotelba,17,Sindecteb,25,Sindicato,674,Sintcom-PR,42,Sintect-AC,14,Sintect-AL,73,Sintect-AM,4,Sintect-AP,10,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,46,Sintect-ES,38,Sintect-GO,18,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,32,Sintect-MG,15,Sintect-MS,25,Sintect-MT,23,Sintect-PB,30,Sintect-PE,25,Sintect-PI,42,Sintect-RJ,119,Sintect-RN,14,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,14,Sintect-RR,1,Sintect-RS,48,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,115,Sintect-STS,11,Sintect-TO,12,Sintect-URA,9,Sintect-VP,9,TRT,25,TST,11,Vídeo,831,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Por não cumprir ordens ilegais, trabalhador foi vítima de assédio moral
Por não cumprir ordens ilegais, trabalhador foi vítima de assédio moral
O trabalhador alega que seu superior hierárquico dava-lhe ordens para alimentar o sistema de rastreamento dos Correios com informações falsas, a fim de transparecer celeridade nos procedimentos
https://3.bp.blogspot.com/-Ax1NTIg30vg/WRnIBsAIkTI/AAAAAAAAG2I/rN7sJ3lsb70RScVn0D5JxeLkfFJj69bygCKgB/s320/informasintectrs.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-Ax1NTIg30vg/WRnIBsAIkTI/AAAAAAAAG2I/rN7sJ3lsb70RScVn0D5JxeLkfFJj69bygCKgB/s72-c/informasintectrs.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/05/por-nao-cumprir-ordens-ilegais.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/05/por-nao-cumprir-ordens-ilegais.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ ARTIGO ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar