Privatização x Profissionalização de Gestão

Opinião de Marcos César, membro do Conselho de Administração eleito pelos trabalhadores

Temos ouvido de algumas lideranças que a única forma de não se ter políticos ou indicados políticos na gestão de estatais é a privatização. Nesta postagem, debateremos essa ideia.

A criação de estatais não aconteceu - ou não deveria ter acontecido - para abrigar políticos ou seus apadrinhados. Uma estatal só se justifica por relevante interesse público ou por imperativo de segurança nacional.

Assim, quando o governo toma a decisão de criar ou manter uma estatal, reconhece essa motivação de existência da entidade, que precisará ser gerida com a melhor técnica.

Se as normas e leis forem devidamente cumpridas e se o Ministério responsável atuar adequadamente, pensando na sustentabilidade da estatal, colocará em sua direção pessoas devidamente habilitadas e capacitadas. Quem melhor poderia dirigir uma estatal, por exemplo, do que executivos bem formados e experientes de seu quadro próprio que se destacaram ao longo de suas sólidas carreiras? Ou então executivos já testados, com sucesso, em companhias de porte similar? Pois bem, é isso que prevê a Lei.

Há inúmeros casos de governos que possuem estatais muito bem geridas por pessoal devidamente formado e experiente. Por que então isso seria impossível no Brasil?

O que precisa ser varrido da história brasileira é o patrimonialismo com que os partidos tratam suas estatais, ao assumir um Ministério. A estatal não pode ser um cabide de empregos para membros do partido ou para seus indicados, familiares etc. Isso não só não é ético, mas também acaba por destruir os valores da própria estatal se não for contido.

A profissionalização da gestão é um imperativo no governo como um todo e nas estatais em especial, devido à atuação empresarial que essas companhias exercem. O acionista não pode relevar isso, simplesmente aceitando que o Ministro de uma pasta nomeie quem bem entender para a direção de suas estatais, pois as consequências virão para a sociedade e para os trabalhadores. A Lei precisa ser cumprida à risca e até ser agravada no caso de grandes estatais, para as quais, por exemplo, a mera experiência em DAS-4 na administração direta jamais deveria ser considerada como suficiente para qualificar um dirigente, como traz a Lei nº 13.303/2016. Grandes estatais precisam de muito mais que isso.

As estatais não precisam, portanto, serem privatizadas para estarem livres da interferência política. Basta que se cumpra rigorosamente a Lei, colocando em sua direção pessoas realmente preparadas para o grande desafio que encontrarão pela frente. Não adianta colocar na condução de grandes transatlânticos pessoas que chegarão procurando por remos. Isso não vai funcionar bem.

Enfim, se a estatal é necessária, basta profissionalizar a gestão, que os resultados seguramente virão.

Por Marcos César, membro do Conselho de Administração eleito pelos trabalhadores

COMENTÁRIOS

Nome

33 CONREP,3,AADC,7,Abono Pecuniário,3,ACT 2016/2017,15,ACT 2018/2019,6,ADCAP,15,ALMG,1,ANATECT,1,Aplicativo,1,Aposentados,1,Assaltos,2,Assédio Moral,1,ATAs,1,Banco Postal,23,Benefícios,8,Casamento,1,CDD Polo,1,CGU,1,Clipping,1290,Conselho de Administração,1,Contra a Privatização,34,Correios,237,Correios Celular,1,DDA,3,Destaque,769,Digital,6,Direitos dos Empregados,22,Estadão Conteúdo,1,Exclusiva,74,FAACO,2,Falecimento,1,FEDERAÇÕES,380,FENTECT,262,FINDECT,153,Fundos de Pensão,27,G1,1,Geral,340,Greve,18,Indicação,1,Informe Jurídico,197,Licenças,2,Luta Unificada,33,Manuais,2,Marcos César,6,Motociclistas,3,MPF,4,OAI,1,Paternidade,1,Patrocínio,6,Policia Federal,1,Postal Saúde,70,Postalis,300,Previc,1,Primeira Hora,157,Processo,21,Protesto,1,Seguro de Vida,2,Série,7,Sincort-PA,9,Sincotelba,17,Sindecteb,25,Sindicato,672,Sintcom-PR,42,Sintect-AC,13,Sintect-AL,73,Sintect-AM,4,Sintect-AP,10,Sintect-CAS,11,Sintect-CE,12,Sintect-DF,46,Sintect-ES,38,Sintect-GO,18,Sintect-JFA,2,Sintect-MA,32,Sintect-MG,15,Sintect-MS,25,Sintect-MT,23,Sintect-PB,30,Sintect-PE,25,Sintect-PI,42,Sintect-RJ,119,Sintect-RN,14,Sintect-RO,6,Sintect-RPO,14,Sintect-RR,1,Sintect-RS,48,Sintect-SC,27,Sintect-SE,7,Sintect-SJO,2,Sintect-SMA,5,Sintect-SP,113,Sintect-STS,11,Sintect-TO,12,Sintect-URA,9,Sintect-VP,9,TRT,25,TST,11,Vídeo,830,XIIICONTECT,1,
ltr
item
Correios do Brasil - Funcionários: Privatização x Profissionalização de Gestão
Privatização x Profissionalização de Gestão
Opinião de Marcos César, membro do Conselho de Administração eleito pelos trabalhadores
https://2.bp.blogspot.com/-i-xAMiQVuyM/WNpnvCitpAI/AAAAAAAAFZY/dnpbOZagbrcN2dwNVcuvUGy2Nohay4V0ACLcB/s320/profissionaliza%25C3%25A7%25C3%25A3o.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-i-xAMiQVuyM/WNpnvCitpAI/AAAAAAAAFZY/dnpbOZagbrcN2dwNVcuvUGy2Nohay4V0ACLcB/s72-c/profissionaliza%25C3%25A7%25C3%25A3o.jpg
Correios do Brasil - Funcionários
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/03/privatizacao-x-profissionalizacao-de.html
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/
http://correiosdobrasilfuncionarios.blogspot.com/2017/03/privatizacao-x-profissionalizacao-de.html
true
4537349496477451586
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ ARTIGO ARQUIVO BUSCA TODAS POSTAGENS Não foram encontrados resultados com a sua palavra Voltar ao inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 houra atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar